Canção Nova recebe relíquia de João Paulo II

Hoje pela manhã, 15, peregrinos e missionários se reuniram no local onde está sendo construído o Santuário Pai das Misericórdias, na sede da Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), para a celebração da Santa Missa.

A cerimônia, que teve início às 7 horas, foi presidida pelo Bispo da Diocese de Lorena (SP), Dom Benedito Beni, e concelebrada por sacerdotes da Canção Nova. Durante a Celebração Eucarística, foi entregue a relíquia do beato João Paulo II ao fundador da comunidade católica, monsenhor Jonas Abib. Logo após o ato, foi lida uma carta enviada pelo Arcebispo de Cracóvia, Cardeal Stanislaw Dziwsz, ex-secretário pessoal do saudoso Pontífice polonês.

 

Em sua homilia, Dom Beni ressaltou a força do Espírito Santo em nossa vida e a forma como este dom age em nosso coração.

Leia na íntegra a homilia de Dom Beni 

"O Espírito Santo age na nossa inteligência e nos oferece o dom da sabedoria, aperfeiçoando nosso conhecimento para que possamos entender a natureza íntima de Deus. Nós precisamos nos deixar guiar pelo Espírito de Deus, pois a dimensão espiritual é a porta de entrada para que Ele possa agir em nossa vida e em nosso coração”, refletiu o prelado.

Ao fim da Missa, a relíquia foi apresentada aos fiéis no Santuário Pai das Misericórdias. Monsenhor Jonas Abib proferiu algumas palavras de agradecimento ao bispo pelo presente dado à comunidade.

"Dom Beni, mais uma vez, temos de agradecer por esse seu gesto maravilhoso de fraternidade para conosco. Nós esperamos que este santuário seja, pela intercessão do beato João Paulo II, um local onde a misericórdia do Pai se estenda a todos aqueles que dela necessitam”, disse o fundador.

Segundo monsenhor Jonas, o Santuário Pai das Misericórdias será um espaço para confissões, no qual as pessoas poderão, realmente, viver um momento de reencontro com o Senhor.

“Um santuário para as confissões, um local onde as pessoas poderão trazer suas misérias e voltar purificadas, perdoadas e refeitas para a luta do dia a dia”, destacou o sacerdote de 75 anos.

 

 

Santuário Pai das Misericórdias

A construção desse local simboliza a força, a fé e a união do povo de Deus. Pensado com o objetivo de manter a religiosidade da Canção Nova, o espaço escolhido para a edificação marca a realeza de Deus por ser um ponto alto, avistado até mesmo da principal rodovia federal do país: a Presidente Dutra, que liga o Estado do Rio de Janeiro ao de São Paulo.

O prédio, projetado para comportar cerca de 5.200 peregrinos, tem o formato de uma mão, fazendo alusão ao cuidado de Deus com os Seus filhos e a Sua disponibilidade de sempre nos ajudar.

 

 

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo