Congresso Mundial: "A luz não foi feita para ficar escondida"

Cerca de 15.000 pessoas dos cinco continentes estiveram na sede da Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), entre os dias 1 e 5 de novembro. O motivo foi a participação no 12º Congresso Mundial da Fraternidade Católica que contou com as presenças de Dom Stanislaw Rylko, representante do Papa Bento XVI, membros diversas comunidades e do secretário geral da CNBB, Dom Odilo Scherer.

Todo o congresso foi transmitido ao vivo pelo Sistema Canção Nova de Comunicação – TV, Rádio e Internet. Graças aos sócios do Clube do Ouvinte, que sustentam esta obra de Deus, este evento pôde alcançar cerca de 236.813 pessoas via internet, que acompanharam toda a programação ao vivo e acessaram a cobertura realizada pela Canção Nova.

Dom Alberto Taveira, Arcebispo Metropolitano de Palmas (TO) presidiu a Missa de encerramento e afirmou que "a luz não foi feita para ficar escondida, mas para ficar num lugar alto e iluminar. A nossa maneira de colocá-la em lugar alto é exatamente pelos meios de comunicação. Nós temos a certeza de que o poder de comunicação da Canção Nova faz com que este congresso chegue a muitas e muitas pessoas e, eu espero que faça muito bem a tanta gente que acompanha pelo portal cancaonova.com". [Ouça homilia na íntegra] 

Um grande número de comunidades do Brasil se fizeram presentes e puderam viver dias intensos de aprofundamento e espiritualidade. Membros e fundadores de comunidades de países como Estados Unidos, Uganda (África), México, Filipinas, Polônia, Itália, Austrália, Uruguai, Malásia, França, Paraguai, Argentina e Espanha participaram do evento que foi traduzido simultaneamente em 4 idiomas [confira depoimentos].

Matteo Calisi, em nome da Fraternidade Internacional Católica das Comunidades, agradeceu ao Padre Jonas e à Canção Nova por todo trabalho realizado no evento.


Confira também:

.: Encontro dos bispos interessados nas Novas Comunidades

.: Encontro do Conselho da Fraternidade Católica Internacional

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo