É graça de Deus ser padre nas Novas Comunidades

"O sacerdote dentro das Novas Comunidades é uma pessoa que aceita viver sobre o fio da navalha. Vive tudo que vive um padre diocesano e tudo que vive um membro da comunidade, mas aqui não está a dificuldade, e sim a graça de serem sacerdotes de forma nova". Essas foram as palavras do arcebispo de Palmas (TO), Dom Alberto Taveira Corrêa, durante sua homilia na ordenação sacerdotal de seis diáconos da Comunidade Canção Nova, neste domingo, dia 16, às 16h, na sede da comunidade em Cachoeira Paulista (SP).

O arcebispo iniciou sua homilia declarando a imensa graça que é na vida de um bispo fazer uma ordenação sacerdotal, expressando assim, sua alegria e satisfação em ordenar novos padres para a Igreja.

Padre Antonio Xavier, padre Anderson Marçal, padre Arlon Cristian, padre Bruno Costa, padre Clóvis e padre Paulo são esses os neo-sacerdotes da Canção Nova, para a Igreja. Esses são os sacerdotes, que além de exercerem as funções de um padre diocesano, viverão também a graça de perpetuarem um carisma dentro de uma comunidade, o qual foi descoberto ao dizerem seu "sim" a Deus.

Dom Alberto afirma que não estava ordenando anjos, mas pessoas humanas, e que ele teve a graça – por meio da convivência com eles – de penetrar no santuário do coração de cada um dos diáconos. "Quem são esses jovens que estou ordenando? Homens que têm uma graça especial", declarou.

Ao falar às famílias, que entregaram os filhos ao serviço da Igreja, o presidente da celebração disse: "Esses filhos não são tirados de seus pais, mas são transformados em sinal de Deus para o mundo".

No momento de ação de graças, os neo-sacerdotes agradeceram individualmente a Deus, aos familiares e amigos.

Padre Anderson agradeceu a todos por ajudá-lo a carregar a cruz. Padre Antonio Xavier agradeceu a Deus, aos familiares e aos patrocinadores da Canção Nova, que são os sócios do Clube do Ouvinte. Em português, italiano e árabe, padre Arlon Cristian, que atualmente mora na missão da Canção Nova na Terra Santa, agradeceu a todos que fazem parte de sua história vocacional. Padre Bruno, ao agradecer, disse ao monsenhor Jonas que assumia o seu lema sacerdotal de ser "tudo para todos". Padre Clóvis agradeceu a Deus pela sua vocação, que é um mistério que não leva em conta as suas aptidões. Padre Paulo expressou sua alegria dizendo que era um homem feliz e realizado, um menino profeta do Altíssimo.

Presidida por Dom Alberto, a celebração contou com a participação de 22 sacerdotes, 2 diáconos e do fundador da Comunidade Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, que ao final da celebração agradeceu a Dom Alberto, à Fundação João Paulo II, que é a mantenedora da Canção Nova, e também aos sócios do Clube do Ouvinte, os quais deram – por meio de suas contribuições – seis novos sacerdotes para a Igreja.

Monsenhor Jonas, como um bom pescador de almas, fez seu apelo aos jovens dizendo: "Se o Senhor está chamando você, insistindo com você, hoje, diga seu 'sim'. Vale a pena! Venha ser padre. Não negue a Deus o chamado que Ele fez a você".

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo