Famílias que vão até o fim

Padre Roberto Lettieri, fundador da Fraternidade Toca de Assis, pregou na manhã de 14 de janeiro, no Acampamento para Famílias, falando sobre a dignidade e santidade que é o Sacramento do Matrimônio.

Confira depoimentos de famílias que vivenciram este momento na Canção Nova e se decidiram por uma vida nova.

\”Esta palestra e as outras têm nos lembrado sobre o resgate de nossa família e têm remetido a gente a pensar no resgate de outras famílias também que convivem conosco e de famílias que a gente nem conhece.

Percebemos que através de nosso testemunho podemos resgatar outras famílias, tentando trazê-las para junto de nós. O padre Roberto foi muito enfático na importância do que é o sacramento. Isto para nós ficou muito marcado; não o \”sacramento comercial\”, mas o sacramento que é o sinal visível de Deus dentro de seu mistério. Isso é importante, ter essa consciência, lembrando os futuros casais nos cursos de noivos e no próprio dia a dia\”.
Maire e Richard – 8 anos de casados
São Manoel/SP

\”A palestra do padre Roberto nos marcou principalmente na parte onde ele nos falou sobre a valorização do sacramento. Isso foi de suma importância; a gente se integrar do mistério que é celebrado e que é vivido. Somos chamados a nos aprofundarmos na experiência do mistério do sacramento, o fato de termos nos tornado \”uma só carne\”. Essa união se tornou indissolúvel desde a celebração de nosso matrimônio e isso a gente vai levar para a vida toda, até o céu\”.
Alexandre e Bianca – 2 anos de casados
São Gonçalo/RJ

\”Esta palestra nos ajudou a renovar nossa perseverança e a certeza do caminho que nós escolhemos, que foi viver o matrimônio segundo os ensinamentos da Santa Igreja. Reforçou em nós a fé para podermos testemunhar perante aqueles que não acreditam e que têm medo de encarar o matrimônio do jeito que ele é. Nós precisamos ter coragem para dizer \”não\” a tudo aquilo que nos é jogado de qualquer maneira. O mundo nos tem colocado o matrimônio de uma maneira muito banal, como se fosse uma coisa descartável, mas nós não acreditamos nisto, e sim no casamento que é uma coisa santa.
Assim como no sacerdócio, nós, no matrimônio, precisamos vivê-lo como um sacrifício pela pessoa do outro. O padre fixou bem que somos \”uma só carne\”. O casamento para nós é isso: ir até o final, até ficarmos velhinhos\”.
Júlio e Diléia – 14 anosde casados
Rio de Janeiro/RJ



.: Confira esta pregação de Padre Roberto da Toca de Assis




.: Ajude a Canção Nova a continuar evangelizando

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo