Feliz és tu que creste!

A nossa fé é a certeza da vitória. A fé que a Igreja nos ensina a professar. Mas o que é a fé? Pega sua Bíblia em Hb 11, 1ss: “A fé é a certeza daquilo que ainda se espera, a demonstração de realidades que não se veem. Por ela, os antigos receberam um bom testemunho de Deus. Pela fé compreendemos que o universo foi organizado por uma palavra de Deus, de sorte que as coisas visíveis provêm daquilo que não se vê (…) Ora, sem a fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima deve crer que ele existe e recompensa os que o procuram”.

Diga comigo: “sem a fé é impossível agradar a Deus”. O que o autor da carta aos hebreus está nos ensinando é que “a fé é a certeza daquilo que ainda se espera”. Quantos aqui neste ano de 2012 experimentaram a resposta concreta de Deus em sua vida? Você veio aqui na Canção Nova para celebrar esta vitória. Mas existem pedidos que apresentamos a Deus e não obtivemos respostas, não é? Eu tenho uma boa noticia para você que não obteve resposta: “você é um vencedor, porque você se manteve firme em Deus, firme na fé”.

A fé é a certeza daquilo que ainda se espera. Você está esperando alguma coisa? Se você não desistir, perseverar e continuar esperando no Senhor eu tenho certeza que você vai encontrar a vitória. É essa expectativa que precisamos ter. Quando fazemos aniversário nós vivemos uma expectativa de receber ligações de quem a gente ama, de encontrar as pessoas que fazem parte da nossa vida. É essa expectativa que nós precisamos alimentar da intervenção de Deus em nossas vidas.

Estar aqui proclamando “Hosana brasil” ou acompanhando pelo Sistema Canção Nova de Comunicação não é só celebrar o que conquistamos, mas é assumir as vitórias que nós esperamos pela fé.

Pregação Padre Roger Luís

.: Comente as fotos do Facebook

.: Veja mais fotos no Flickr

Deus é o grande protagonista da história, Ele intervém, está atento a nós. Quer ver? Pegue a passagem de Êxodo 3, 7ss: “O Senhor lhe disse: ‘Eu vi a opressão de meu povo no Egito, ouvi o grito de aflição diante dos opressores e tomei conhecimento de seus sofrimentos. Desci para libertá-los das mãos dos egípcios e fazê-los sair desse país para uma terra boa e espaçosa, terra onde corre leite e mel: para a região dos cananeus e dos heteus, dos amorreus e dos fereseus, dos heveus e dos jebuseus. O grito de aflição dos israelitas chegou até mim. Eu vi a opressão que os egípcios fazem pesar sobre eles. E agora, vai! Eu te envio ao faraó para que faças sair o meu povo, os israelitas, do Egito“.

Deus não está indiferente a nós. Ele viu a opressão do seu povo. Deus não está indiferente às suas lutas, ao que você tem vivido, aos seus sofrimentos e os de sua família. Quantas dificuldades nós tivemos, quantas decepções, quantas batalhas tivemos neste ano. Precisamos alimentar nosso coração com esta certeza: “Deus está atento a nós. Ele está atento ao nosso grito de aflição“.

Talvez em alguns momentos não tivemos nem palavras, nem forças para rezar, e oramos entre lágrimas, mas a certeza da fé nos coloca nessa dimensão: “Deus ouve o grito de aflição do seu povo. Ele ouve o grito de aflição da Igreja. Deus está atento”.

Segura na mão de quem está do seu lado, você está sentindo essa pessoa porque ela está no plano material, mas no plano espiritual é assim que Deus está conosco, segurando em nossa mão. Às vezes não sentimos, parece que Ele se esqueceu de nós, mas Deus diz: “Eu estou contigo, estou vendo seu clamor. Proclama pela fé que você é um vencedor. Se você tiver que passar pelo vale escuro, Eu estarei contigo”.

Eu e você não temos o direito de desistir. Deus caminha conosco, Ele nos sustenta. Eu gosto muito da passagem de Romanos 8, 18s, onde São Paulo diz: “Eu penso que os sofrimentos do tempo presente não têm proporção com a glória que há de ser revelada em nós”.

O homem de fé não desiste, mas vive na certeza de que dias melhores virão. Nós precisamos alimentar nossa fé, nosso olhar deve estar voltado para Deus, para a certeza da vitória final.

Isso que vai nos dizer o Catecismo da Igreja Católica no nº 163: “A fé faz que saboreemos, como que de antemão, a alegria e a luz da visão beatifica, termo da nossa caminhada nesta Terra. Então veremos Deus «face a face» (1 Cor 13, 12), «tal como Ele é» (1 Jo 3, 2). A fé, portanto, é já o princípio da vida eterna: ‘Enquanto, desde já, contemplamos os benefícios da fé, como reflexo num espelho, é como se possuíssemos já as maravilhas que a nossa fé nos garante havermos de gozar um dia'”

Nós cristãos precisamos caminhar com os olhos no futuro. O passado já não existe mais. O que fizemos ontem ficou para trás, nós temos “o agora” para tomar uma firme decisão: permanecermos fiéis a Deus, transformando o presente com os olhos no futuro. E o futuro é a vida eterna, a vitória final“. O fim de tudo é Jesus Cristo que voltará glorioso em sua segunda vinda.

Nós precisamos manter nosso coração nessa fé. Esse Hosana Brasil precisa ser um ocasião onde nós nos abandonamos nesse amor de Deus, onde teremos a coragem de nos abandonar nesse “mar” de Deus.

Precisamos fazer essa experiencia de fé, e nos lançar no “mar” de Deus e nos deixar conduzir por Ele. Nós temos que nos abandonar nesse amor. Deixar Deus conduzir nossa vida e nossa história é a certeza da nossa vitória. Às vezes, queremos assumir a condução de nossas vidas, e não alcançamos a vitória, porque somos limitados, mas se nos lançamos em Deus e permitirmos que a fé nos leve a fazer essa experiência de deixar Ele fazer sua Vontade em nós, seremos um povo vencedor sempre, porque será Deus quem nos conduzirá para a vitória e não nós mesmos.

Acredita porque Deus vai te levar a experimentar aquilo que é verdadeiramente o sabor da vitória. Seu time já foi campeão? O sabor da vitória aqui da terra é infinitamente menor que o sabor da vitória no Céu. Imagina o que Deus tem preparado para sua vida.

Repita comigo: “Senhor, eu quero que este Hosana seja um marco na minha vida. Eu quero tomar uma firme decisão de acreditar, tomar a firme decisão de crer muito mais do que eu já acreditava, para que a minha fé possa crescer e se revigorar. Eu consagro minha vida nesta manhã a Ti , ao Teu amor, à Tua misericórdia, à Tua graça, para que a fé cresça em mim e realize o que eu necessito. Eu quero experimentar essa graça de ter uma fé marcada por esta dimensão da confiança, da esperança, do amor, depositado em Ti. Eu lanço a minha vida em tuas mãos. E sei que o Senhor vai me conduzir á vitória, no bom caminho e vai me levar, dia após dia, a uma experiência da sua vitória, da sua presença, que vai me levar à vida eterna“.

A fé é crer neste amor de Deus que não diminui diante da maldade do homem, mas é capaz de transformar cada forma de escravidão, dando a possibilidade da salvação. Deus quer renovar a possibilidade da salvação na sua vida. Assuma isso. Diga para você mesmo: “eu aceito Senhor essa renovação da possibilidade da salvação na minha vida, na minha história. Eu preciso Senhor dessa renovação”.

Mas nós precisamos de referências. E eu quero te apresentar um modelo de fé, que responde pelo nome de Virgem Maria – a Imaculada Conceição. O Catecismo 144 diz “Obedecer (ob-audire) na fé é submeter-se livremente à palavra escutada, por a sua verdade ser garantida por Deus, que é a própria verdade. Desta obediência, o modelo que a Sagrada Escritura nos propõe é Abraão. A sua realização mais perfeita é a da Virgem Maria”.

O Evangelho de Lucas 1, 26-37 nos apresenta esse modelo de fé. Maria é o modelo perfeito de uma mulher obediente, de uma mulher de fé, e a Divina Providência quis que celebrássemos o Hosana Brasil e neste sábado celebrássemos essa Solenidade. Porque o Espirito Santo quer colocar diante de nós esse modelo.

Deus escolheu Maria, a Virgem Santa de Nazaré para ser portadora da salvação da humanidade. Deus a escolheu para esmagar a cabeça da serpente infernal. Nós precisamos seguir esse modelo de obediência, humildade e de entrega para sermos felizes e vencedores.

Se o povo cristão se aliar à Maria ela esmagará a cabeça da serpente e dará vitória contra todo espírito de morte que quer se instalar na nação brasileira. Nós temos que ser marianos, nos unirmos à Virgem maria, porque nela vamos conquistar a vitória. Deus deu a ela a autoridade para esmagar a cabeça da serpente, as é preciso que o povo de Deus se una em oração.

O segredo da felicidade está em não abandonar esse Deus, seja na alegria e na tristeza. Permaneça fiel. Se você quer ser feliz coloque sua fé em Deus. O segredo é acreditar.

Deus nos abençoe.

Transcrição e adaptação: Kelen Galvan

Assista um trecho desta pregação:

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo