Fiéis testemunham a glória de Deus

Foto: Robson Siqueira

Na manhã de sábado do Acampamento de Carnaval, Diácono Nelsinho Côrrea pregou sobre o amor de Deus, afirmando que somos filhos amados de Deus e quanto mais estivermos próximo d'Ele, mais teremos forças para vencer o pecado.

Na segunda pregação padre José Augusto enfatizou que muitas pessoas buscam alegria passageira, e quanto mais buscam, mais ficam vazias. “É diante do Senhor que a tristeza vai embora a alegria toma posse. A verdadeira alegria é a alegria de ser de Deus. Somos filhos de Deus e quando Deus entra, Deus muda”.

Algumas das pessoas presentes na Canção Nova, relataram suas experiências. Confira:

Estou aqui na Canção Nova, trouxe droga e até preservativos. Não sei porque me deu vontade de vir neste lugar. Eu era da Igreja, cresci na Igreja, mas daí conheci o mundo e me perdi. E hoje eu retomo, eu quero ser de Deus. Me emocionei hoje de manhã quando senti Deus me falando que me amava. Ele me ama de verdade, não quero mais esta vida. Vou ligar para minha mãe para pedir perdão por toda a minha má criação, e vou jogar fora todas as ‘porcarias’ que estão na minha barraca.

Carla

Eu me sinto muito feliz por estar aqui. Eu esperava, pois Deus providenciou tudo, e no momento em que a Salette disse que Deus levantava muitas pessoas desfalecidas, senti que era para mim a palavra, porque eu estou vindo de um desgaste muito grande e por isso me senti muito tocada. Deus me trouxe aqui para me reerguer e restaurar. E é assim: bênçãos sobre bênçãos neste Território Eucarístico.
Vou buscar aquelas pessoas que me fizeram mal, os relacionamentos mal resolvidos para a reconciliação e como a Salette falou preciso tirar os “empecílios” que existem no meu coração, e que me impedem de estar com Deus plenamente.

Rosane, 33 anos, auxiliar de escritório, Ilha do Governador – RJ.

No momento de olhar para a cruz durante a pregação do diácono Nelsinho, eu só pensava que Jesus passou por tudo aquele sofrimento por mim. Eu fico até com vergonha pelos meus pecados. Mas, além disso, me sinto muito amada por Deus. E a partir de hoje Deus já está fazendo obras novas em minha vida, tudo mudou, Ele é fantástico! A melhor coisa que me aconteceu foi me encontrar com Jesus. Hoje Deus tirou todos os prazeres carnais em minha vida.

Juliana, 30 anos, bailarina professora de dança, Lagoa da Prata MG.

No primeiro momento, eu senti no meu coração Deus me chamando de volta, pois há algum tempo estou afastada. Ele me restaurou e libertou de muitas coisas neste dia, me dando uma nova chance e uma enorme vontade de servi- Lo. No momento da cruz, eu entreguei toda minha miséria, pobreza e todo esse ressentimento que estava guardado no meu coração. E agora a atitude concreta vai ser voltar as atividades da Igreja.

Rose, 41 anos, Farmacêutica, Dracena, SP.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo