Fiéis unem suas dores às do Cristo na Procissão do Encontro na Canção Nova

Na noite desta quarta-feira, 16, fiéis de todas as regiões do Brasil participaram da Procissão do Encontro de Nosso Senhor dos Passos e da Virgem das Dores na sede da Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP).

Muitos peregrinos vieram agradecer a Deus pelas graças alcançadas e unir as próprias dores às de Cristo e Sua mãe. Como é o caso das irmãs Dirce e Dulcinéia Teixeira da cidade de Taubaté (SP). Elas afirmaram que a celebração as levou a entrar um pouco nas dores de Cristo e perceber que não conseguiriam suportar tudo o que o Salvador viveu. “O olhar de Jesus falou comigo, me coloquei no lugar de Sua mãe”, afirmou Dulcinéia.

Fiéis participam da Procissão do Encontro na Canção Nova
Foto: Natalino Ueda

Jussara Brandão é de Ibicaraí, na Bahia, e está passando a Semana Maior na Canção Nova pela 15ª vez. No ano passado viveu a forte experiência de unir suas dores às do Crucificado. A filha e o genro sofreram um acidente gravíssimo em que o rapaz faleceu e a moça ficou hospitalizada com várias fraturas no corpo. Os médicos afirmaram que a jovem, que na época tinha 25 anos, poderia não voltar a andar. Em menos de três meses a jovem se recuperou e hoje pode caminhar normalmente. Este ano a peregrina veio para agradecer a Deus a vitória alcançada. “O mistério é o mesmo, mas a experiência é sempre nova”,  testemunha Jussara.

Há sete anos quando engravidou, Luciene da Silva Almeida, de Brasília (DF), teve complicações no sexto mês de gestação. Segundo os médicos a criança nasceria naqueles dias, mas não sobreviveria. Luciene rezou pedindo a Deus que sua gestação fosse até o 9º mês e que o bebê nascesse com saúde. Jennifer Vitória nasceu no tempo certo e hoje a mãe está aqui para agradecer e, ao mesmo tempo, deixar-se consolar por Deus pela perda de um sobrinho há dois meses.

Em julho de 2013, Diana da Silva Costa descobriu que estava com um câncer de colo de útero. Mãe de dois filhos, a jovem mãe se viu padecendo pelos riscos que a doença lhe trazia. Testemunha que veio agradecer a Deus pela providência em sua vida, pois, em menos de um mês após a descoberta da doença, Diana já estava recebendo tratamento médico em um dos melhores hospitais de Brasília, cidade em que reside. A jovem mãe afirma que ainda não está totalmente curada, mas acredita que já venceu o câncer. Hoje durante a procissão entregou a Deus a preocupação por ter que passar por uma cirurgia cardíaca nas próximas semanas. “Nesta noite, quero entregar ao Senhor a cirurgia de coração que preciso fazer”, diz Diana.

Encontro de Nosso Senhor dos Passos e da Virgem das Dores
Foto: Natalino Ueda

Seu Moacir da Costa e a esposa, Maria de Lourdes Silva, vieram apresentar a saúde nas mãos da Virgem Clemente. Para o mineiro de Pouso Alto descobrir o diabetes foi muito doloroso, “perdi o chão” ressalta. O casal, que veio passar a Semana Santa na Canção Nova, participa da procissão com o coração orante para se fortalecer na fé.

Na Procissão do Encontro cada fiel pôde meditar por meio das dores de Cristo sobre as próprias dores. A agonia d'Aquele que é inocente e, ao mesmo tempo, injustiçado, ora é aclamado, ora rejeitado; cujo sofrimento é tão grande, que há momentos em que Ele sente que até Deus O abandonou: “Meu Deus, Meu Deus, por que me abandonastes?”. Foi neste clima que estes e tantos outros fiéis participaram desta noite de Quarta-feira da Semana Maior em que os fiéis são preparados para o momento mais importante da vida do cristão: a Páscoa.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo