Liberte-se das drogas

A Pastoral da Sobriedade é uma ação da Igreja Católica e evangeliza pela busca da sobriedade como um modo de vida. Por meio da “Terapia do amor” trata todos os tipos de dependência, guiada por dois pilares: a proposta de mudança de vida e a valorização da pessoa humana.

O objetivo dessa pastoral é sensibilizar cada vez mais a sociedade sobre a problemática do mundo das drogas. “Por melhor que seja alguém, jamais conseguirá ser tão eficiente quanto todos nós unidos,” afirma o fundador da pastoral, Dom Irineu Danelon.

Sendo um organismo da CNBB, a Pastoral da Sobriedade tem como lema de atuação: “Só por hoje, graças a Deus”, e conta com a colaboração de grupos de apoio em várias cidades brasileiras.

Dom Irineu cita uma frase que resume o trabalho realizado pela Pastoral da Sobriedade: “Existe só uma coisa que Deus não consegue deixar de fazer: deixar de amar você!”. Ressaltando que o Senhor não quer que ninguém se perca, o prelado também enfatiza o testemunho de Jesus, o Bom Pastor, que não foge quando chega o "lobo" e que “O mal está bem articulado, por isso é preciso articular bem o Bem”.

Um dos vícios mais comuns no Brasil é o alcoolismo. Estima-se que 90% das internações em hospitais psiquiátricos acontecem devido ao uso desse tipo de droga. Um dado alarmante, tendo em vista que o número de jovens dependentes de bebidas alcoólicas está crescendo.


Assista: “Álcool na juventude”


"A Pastoral da Sobriedade nasceu do Espírito Santo de Deus para a Igreja. Graças a Deus, temos bons frutos de conversão, pois o próprio Senhor nos ensina que é pelos frutos que conheceremos a árvore. Somos redimidos pelo amor de Deus. Por que, muitas vezes, sofremos pelo amor? Lembre-se de que Deus nos ama e quer nos purificar. Estejamos atentos aos frutos do amor: paciência, mansidão e fortaleza", conclui o bispo.
 

 

 

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo