Luta contra as drogas começa com uma família bem estruturada

Pelo segundo ano consecutivo, a Rede de Desenvolvimento Social da Canção Nova promove palestras sobre prevenção de drogas nos maiores acampamentos de oração que acontecem na sede da comunidade, em Cachoeira Paulista (SP), com o objetivo de orientar os jovens quanto ao seu malefício e ajudar na prevenção. Cerca de 500 jovens participaram da palestra neste sábado, 24, em uma das atividades paralelas do acampamento PHN.

Tenente Orlando Lima
Foto: Robson Siqueira

De acordo com o psicólogo Paulo Moreira Miguel, um dos maiores especialista brasileiros em dependência química, a prevenção ainda é o melhor tratamento. Ele destacou que, os dados da última pesquisa, em 2009, sobre o tema revelaram que, atualmente, o Brasil tem cerca de seis milhões de usuários, entre 12 e 65 anos de idade.

O especialista destacou que um dado alarmante da pesquisa é que o número de usuários de crack está quase se igualando ao de consumo de álcool, e que a idade média dos dependentes é 37 anos de idade.

Segundo ele, um dos maiores fatores que levam o jovem a usar drogas é a família desestruturada. E para se fazer um trabalho de recuperação destes jovens é preciso ajudar também as famílias, pois, muitas vezes, "a família é tão doente, ou até mais, que o próprio dependente". Portanto, para se vencer a luta contra as drogas, Dr. Paulo explica que o jovem precisa querer sair dessa realidade (decisão que, quando não vem com tanta naturalidade, pode ser alcançada a partir do momento que o jovem conhece outras experiências de pessoas que superaram o vício – isso num trabalho de acompanhamento), e que a família precisa avançar junto, aprendendo a lidar com o dependente.

O palestrante Tenente Orlando Lima enfatizou que "tiraram Deus dos lares", por isso tantos males advém sobre as famílias e, destacou ainda que, muitas vezes, os próprios adultos são os responsáveis por levar os jovens ao vício, seja pelo mal exemplo, como beber na frente das crianças (porque segundo ele, a bebida é a porta de entrada para as drogas), ou seja pela falta de amor nas famílias. Para o tenente, a baixa-estima é um fator que leva muitos jovens às drogas e alertou para que as famílias sejam mais amorosas e atentas aos filhos, deixando de lado as palavras negativas ou grosseiras que causam um afastamento entre pais e filhos, ao invés da amizade.

 

Um dos maiores fatores que levam o jovem a usar drogas é família desestruturada
Foto: Robson Siqueira

Davi da Cruz Silva, de 18 anos, veio de Baependi (MG) para o acampamento e quis participar da palestra. Ele disse que tem um familiar nessa situação e acha importante essas orientações para "ajudar os jovens a não entrar nessa vida".

A palestra quis despertar os jovens para que aprendam a viver bem a vida, fazendo-a valer a pena, com as escolhas certas.

 

 

Veja também:
:: Canção Nova lança Biblía on-line para dispositivos móveis

Conheça mais do nosso conteúdo:
:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:
:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:
:: meadiciona.com/cancaonova   

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo