Luzia Santiago e padre Paulinho conduzem momento de adoração na Canção Nova

Momento de Adoração ao Santíssimo Sacramento, com orações de libertação e cura conduzida pelos membros da Comunidade Canção Nova padre Paulinho e Luzia Santiago, marcou a manhã deste domingo, dia 11 de abril.

Eliana Ribeiro, Ricardo Sá e Eugênio Jorge em noite de oração
Foto: Vânia Regina

 

“Que misericórdia do Senhor alcance o seu coração, as suas angústias e aflições. O Senhor quer entrar em sua vida e renovar todas as coisas. Abra-se e renda-se à misericórdia de Deus”, clama padre Paulinho durante a oração.

Ouça trecho da adoração

Luzia Santiago motivou ainda os fiéis a pedirem para Deus o que eles desejassem, mesmo que o objeto de suas orações lhes parecesse impossível. “O impossível Ele pode realizar, confie que o Senhor tudo pode”, afirma a cofundadora da Canção Nova, que durante a adoração proclamou muitas curas.

Ana Gislene Moraes, de 31 anos, da cidade de Salinas (MG), viajou vinte quatro horas até Cachoeira Paulista (SP), onde fica a sede da Comunidade Canção Nova para participar da Festa da misericórdia, emocionada ela afirma que o momento de adoração foi um grande presente de Deus. “Fui tocada pelo Senhor, durante a adoração não contive as lágrimas, senti-me alcançada pela misericórdia, lembrei de toda vida errada que vivia na minha sexulidade, no alcoolismo, mas que a misericórdia de Deus chegou em minha vida, o meu passado está na misericórdia de Deus."

A Adoração encerrou-se às 12h20 com a bênção do Santíssimo Sacramento. A festa da misericórdia começou hoje com a celebração da Santa Missa às 3h da manhã.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo