Pastoral da Sobriedade: caminho para uma vida nova


A Canção Nova realiza no próximo final de semana o 2° Acampamento da Sobriedade em sua sede, em Cachoeira Paulista-SP. O evento é promovido em união com os agentes da Pastoral da Sobriedade, que tem como diretor espritual Dom Irineu Danelon, bispo de Lins-SP.


Na 36ª Assembléia Geral da CNBB, realizada em Itaici/SP, no ano de 1998, Dom Irineu Danelon propôs uma ação articulada na Igreja que fosse ao encontro dos dependentes químicos. Na ocasião, foi implantada a Pastoral de Prevenção e Recuperação em Dependência Química, hoje, chamada de Pastoral da Sobriedade.


A pastoral é uma ação concreta da Igreja na prevenção e na recuperação de dependentes químicos, e tem por objetivo principal atuar em cinco dimensões:

– a Prevenção;
– a Intervenção;
– a Recuperação;
– a Reinserção Familiar e Social e
– a Atuação Política.

É uma atuação especial em resposta a um problema social cada vez mais alarmante, dirigida por bispos e em comunhão com a doutrina da Igreja.

Em 1984, o Vaticano promoveu um encontro internacional de comunidades terapêuticas, no qual João Paulo II fez um veemente pronunciamento, do qual destacamos a seguinte frase: \”A droga é um mal, ao mal não se dá trégua.\” Em outra ocasião, o Pontífice fez esta declaração: \”A luta contra o flagelo da toxicomania é ocupação de todos, cada um segundo a responsabilidade que lhe cabe\”.

Em seus 27 anos de pontificado, o Santo Padre se preocupou muito com a missão da Igreja em se posicionar contra a legalização do uso de drogas, assim como com a recuperação dos dependentes de tais substâncias.

A pastoral vem realizando, nos oito anos de existência, um trabalho em conjunto que envolve o dependente, a família, a Igreja e a sociedade num todo, buscando implementar ações que promovam a vida, a unidade e o acolhimento, através do diálogo.

É objetivo deste movimento não só tirar o dependente químico do vício, mas também levá-lo a descobrir o Nosso Senhor Jesus Cristo, nosso único Salvador e Libertador, mostrando-lhe o caminho para a verdadeira Vida.

A Igreja deu um enfoque maior para a Pastoral da Sobriedade através da Campanha da Fraternidade de 2001, que teve como tema: \”Vida sim, drogas não!\” O objetivo da campanha foi \”mobilizar a comunidade eclesial e a sociedade brasileira para que enfrentem corajosamente o grave e complexo problema das drogas que vêm arruinando milhares de vidas e afetando profundamente a paz social\”.

Confirme a sua presença:
(12) 3186-2600

Veja também:
.: Formação: Psicóloga fala sobre dependência química
.: Alcoolismo, pode ser destruído, Prof. Felipe Aquino

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo