Retiro anual dos diáconos e suas esposas em Jundiaí (SP)

Promovido pela Comissão Diocesana dos Diáconos da Diocese de Jundiaí (SP), foi realizado nos dias 11, 12 e 13 de setembro, o Retiro dos Diáconos e Esposas, na Casa de Oração “Mãe do Bom Conselho”, das Irmãs Agostinianas, com participação de 58 Diáconos e 29 esposas.

Na acolhida, o presidente da Comissão Diocesana dos Diáconos, José Antonio Marabezi falou da sua alegria por ver reunidos tantos irmãos e irmãs. “Muito mais que a preocupação em saber quem vai ser o pregador, em tentar vislumbrar como vai ser o Retiro, acredito que o objetivo maior já foi alcançado, que é o fato de estarmos reunidos, nos revermos, partilharmos nosso ministério.”

Padre Ivan de Oliveira, da Paróquia São Pedro da Diocese de Jundiaí, foi o pregador do Retiro, aceitando com muita alegria o convite para assessorar esse encontro. “Para mim é um grande desafio, por ser jovem, padre jovem e conhecer a caminhada de muitos diáconos e esposas”, disse.

Diáconos e suas esposas
Foto: Diácono Benedito Pedro

O tema do retiro foi “A Tríplice Missão do Diácono”, com palestras muito bem conduzidas pelo Padre Ivan, além de partilhas e testemunhos por parte de alguns diáconos. Das 3 dimensões do ministério diaconal, Padre Ivan destacou aquela que é prioritária e primordial para o Diácono: a Dimensão da Caridade.

“A Palavra, devidamente vivida e celebrada, sempre conduz à ação da Caridade, da ajuda ao pobre e necessitado. O nosso maior desafio é celebrar aquilo que vivemos e viver aquilo que celebramos. A missão do Diácono é estar junto do pobre, dos excluídos, testemunhar com a vida para celebrar com propriedade”, disse.

Diáconos de todas as Regiões Pastorais se revezaram nos trabalhos litúrgicos. O Retiro se encerrou com a Santa Missa presidida pelo Padre Ivan de Oliveira.

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo