Retrospectiva 2008 do cancaonova.com

Mais um ano está chegando ao fim e outra etapa se aproxima. Em 2008, o cancaonova.com superou as expectativas alcançando o número de seis milhões de acessos por mês com conteúdos informativos e de formação humana e espiritual.

Confira abaixo as matérias mais acessadas no cancaonova.com durante este ano:

Formação

Com 103.612 mil acessos, o artigo "Que pecados nos impedem de comungar?", do professor Felipe Aquino, postada no dia 7 de setembro, foi a vencedora.

.: Clique aqui e leia, na íntegra, o artigo

Fundador

No canal dedicado ao fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, a matéria vencedora foi o MP3 da palestra "O assunto é namoro" com 15.519 mil acessos.

.: Clique aqui e baixe a palestra

Eu Ajudo

No euajudo.cancaonova.com, canal dedicado às contribuições do sócio fiel, três matérias ganharam destaque durante 2008. A primeira foi referente ao "Grupo de oração on-line" com Salete Ferreira. Foram 12.500 mil acessos na oração "Peça a cura de suas feridas ao Senhor".

.: Clique aqui e assista pela WEBtvCN a oração

No "Sorrindo pra vida", a formação vencedora foi feita pelo co-fundador da Canção Nova, Wellington da Silva Jardim (Eto), postada no dia 16 de abril. Com 5.270 mil acessos, "Tenha paciência! Saiba a hora de calar e falar" foi a mais lida pelos internautas.

.: Clique aqui e leia a matéria

Dentre as matérias de testemunho, a grande vencedora foi "Bebê nascido de cinco meses sobrevive por milagre" com 10.500 mil acessos.

.: Clique aqui e veja o testemunho

Música

No canal de músicas, também houve dois destaques. A primeira é a matéria sobre o DVD do monsenhor Jonas Abib, que contou com 18.543 mil acessos.

.: Clique aqui e leia a matéria

Na cobertura do 'Academia do Som', a matéria vencedora, com 5.019 mil acessos, foi o programa com a participação de Celina Borges, no dia 5 de maio.

.: Clique aqui e confira

Entrevista

Com 44.875 mil acessos, a entrevista com o padre Fábio de Melo, sobre o lançamento do seu livro 'Quem me roubou de mim' foi a vencedora do canal.

.: Clique aqui e leia a entrevista


Eventos

No canal de eventos, a matéria de cobertura mais acessada foi a do I Hallel Canção Nova, com 73.093 mil acessos; e a mais comentada foi "Qual pecado é mais difícil de combater?" com 140 comentários.

.: Clique aqui e veja a cobertura completa do Hallel Canção Nova
.: Clique aqui e leia "Qual pecado é mais difícil de combater?"

H
osana Brasil 2008

Na página criada especialmente para o Hosana Brasil, maior evento realizado pela Canção Nova, a matéria mais acessada foi a palestra "Em quem está a minha confiança?", do Padre José Augusto, com 50.052 acessos; e a mais comentada foi "Você faz a pauta do Hosana Brasil 2008", com 2.824 mil comentários.

.: Clique aqui e leia a palestra
.: Clique aqui e veja "Você faz a pauta do Hosana Brasil 2008"

Reconhecimento Pontifício

Na página criada para a cobertura do Reconhecimento Pontifício da Canção Nova, que aconteceu no dia 3 de novembro de 2008, em Roma, também há dois destaques.

Dentre as matérias da página principal, a mais acessada foi sobre o que significa esta aprovação pontifícia, com 18.921 mil acessos; e, dentre as  matérias da cobertura, a mais lida pelos internautas foi o encontro do monsenhor Jonas Abib com o Papa Bento XVI, com 17.893 mil acessos.

.: Clique aqui e leia sobre o significado do Reconhecimento
.: Clique aqui e leia sobre o encontro do monsenhor com o Papa

Mensagem do dia

Dentre as mensagens do dia, as mais acessadas durante o ano foram: "Para que ficar com complexo de inferioridade?" (15/10), do monsenhor Jonas Abib, com 32.587 mil acessos; "É preciso amar e acolher!" (12/06), da Luzia Santiago, com 30.137 mil acessos; e "Por que é tão difícil perdoar?”(17/11), do Ricardo Sá, com 21.794 mil acessos.

.: Leia "Para que ficar com complexo de inferioridade?"

.: Clique aqui e leia "É preciso amar e acolher!"
.: Clique aqui e leia "Por que é tão difícil perdoar?"

Assista este vídeo com os votos de Feliz Ano Novo:


 Venha passar o Ano Novo na Canção Nova!


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo