Saiba como surgiu a devoção à Nossa Senhora Auxiliadora

Nossa Senhora Auxiliadora é invocada como Auxílio dos Cristãos nas grandes tribulações e aflições.

Esta invocação Mariana encontra suas raízes no ano de 1571, quando Selim I, imperador dos turcos, após conquistar várias ilhas do Mediterrâneo, lança seu olhar de cobiça sobre toda a Europa. O Papa Pio V, resolveu organizar uma poderosa esquadra para salvar os cristãos da escravidão muçulmana.

O Papa Pio V pediu o auxílio da Virgem Maria para este combate católico. A vitória aconteceu no dia 7 de outubro de 1571. Afastada a perseguição, o Santo Padre demonstrou sua gratidão à Virgem acrescentando nas ladainhas loretanas a invocação: Auxiliadora dos Cristãos.

A festa de Nossa Senhora Auxiliadora foi instituída em 1816, pelo Papa Pio VII, a fim de perpetuar mais um fato que atesta a intercessão da Santa Mãe de Deus: Napoleão I, empenhado em dominar os estados pontifícios, foi excomungado pelo Papa. Em resposta, o imperador francês seqüestrou o Papa, levando-o para a França.

Movido por ardente fé na vitória, o Papa recorreu à intercessão de Maria Santíssima, prometendo coroar solenemente a imagem de Nossa Senhora de Savona logo que fosse liberto. O Santo Padre ficou cativo por cinco anos, sofrendo toda espécie de humilhações.

Fracassado, Napoleão cedeu à opinião pública e libertou o Papa, que voltou a Savona para cumprir sua promessa. No dia 24 de maio de 1814, Pio VII entrou solenemente em Roma, recuperando seu poder pastoral. Os bens da igreja foram devolvidos. Napoleão viu-se obrigado a assinar a renúncia no mesmo palácio onde aprisionara o Papa Pio Sétimo.

Para marcar seu agradecimento à Santa Mãe de Deus, o Papa Pio VII criou a festa de Nossa Senhora Auxiliadora, fixando-a no dia de sua entrada triunfal em Roma.
Na Sagrada Escritura, nos escritos dos santos Padres da Igreja, na Doutrina Católica resumida no Catecismo, Maria Santíssima é apresentada como Mãe de Cristo e Mãe da Igreja.

Nós Cristãos, cremos sem dúvida que a Santíssima Mãe de Deus, nova Eva, Mãe da Igreja, continua no Céu sua função aos membros de Cristo, sendo invocada piedosa e sinceramente sob vários títulos.

Bastaria ler a Ladainha Lauretana, para compreender a grandeza da nossa piedade mariana que poderíamos resumir numa só invocação: \”Maria, Auxílio dos Cristãos, Rogai por nós que recorremos a vós\”.


Participe da Festa honra a
Nossa Senhora Auxiliadora em Lavrinhas/SP
De 21 a 24 de maio


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo