Sem drogas e bebidas peregrinos se alegram nos shows da CN

“Não me arrependo nenhum segundo de ter optado em passar o Carnaval aqui”. São palavras da psicóloga Sirlene Dias, que veio de Fortaleza (CE) para curtir dias diferentes de folia. A cearense pulou e dançou ao som de diácono Nelsinho Corrêa, da dupla sertaneja Rinaldo e Samuel e do grupo musical Tribo Maranathá. Shows apresentados nesta segunda-feira, 20, durante o Acampamento de Carnaval da Canção Nova, que acontece na sede da Comunidade, em Cachoeira Paulista (SP).

Show com diácono Nelsinho
Foto: Maria Andréia

Sirlene, de 28 anos, afirmou que já participou de vários festas carnavalescas, mas que nenhuma se compara a esta passada na Canção Nova. “Já fui à Sapucaí, a Salvador, a Recife, vivi grandes euforias, de muitos beijos na boca, de bebidas… É uma falsa liberdade, pois nestes dias você se sente 'livre', você pode tudo, mas quando chega na quinta-feira você precisa esperar o próximo Carnaval para ter a sensação de novo. Mas aqui é diferente, não beijei na boca, nem tomei um gole de álcool, mas dentro de mim explode de tanta alegria. Aqui você é devolvida para você mesma”, testemunhou.

Diácono Nelsinho abriu a noite com a música “Compromisso” e seguiu o show com um repertório de ritmos diversificados, cantando suas mais belas canções, que levaram Sirlene e o público a viver a verdadeira alegria de um Carnaval com Cristo. A dupla Rinaldo e Samuel, participação especial no show de diácono Nelsinho, também animou os peregrinos com canções que já fazem sucesso entre o público. A dupla cantou as músicas: “Se errei” e“Sagrado Coração”.

Rinaldo e Samuel participam do show de Nelsinho Corrêa
Foto: Maria Andréia

A segunda apresentação da noite ficou por conta do grupo Tribo Maranathá, que agitou os participantes com as músicas: “Vem comigo”, “De bem com a vida”, “O alimento”, entre outras.

“Posso afirmar que a noite foi perfeita, dancei muito! Os shows aqui não ficam atrás de nenhuma banda ou cantor que animam o Carnaval neste mundão. Dancei todos ritmos, e o melhor: sem preocupações com brigas, bala perdida ou pessoas embriagadas e drogadas que tentam nos agarrar. Participei do melhor Carnaval da minha vida!”, ressaltou a psicóloga.

Tribo Maranathá também animou a noite dos peregrinos
Foto: Maria Andréia

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade cristã de relacionamento
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo