Sou um jovem revolucionário?

Você já parou para pensar que tipo de jovem você é? Você é alegre, “de boa”, extrovertido, valente, tranquilo, ousado ou revolucionário? É importante parar e fazer essa reflexão, porque a juventude é uma fase fundamental na vida do ser humano. É um período marcante e determinante para a vida adulta. Afinal vamos colher o que plantarmos.

:: Participe do Acampamento Revolução Jesus 2014


Segundo alguns dicionários da língua portuguesa, a palavra "revolucionário" significa: "aquele que provoca revoluções, favorável a transformações radicais. Que introduz novidades ou grandes alterações. Igual INOVADOR". Portanto, um jovem revolucionário é aquele que não se conforma com as anormalidades impostas pela nossa sociedade atual e luta pelas transformações. É o jovem que tem uma postura ativa como cidadão e não se acomoda com as mudanças que ferem a dignidade humana.

 

E como se dá essa luta? É uma luta com armas, com gritaria e xingamento? Não. O beato João Paulo II afirma que "a oração é a única arma que funciona". Por isso o primeiro passo é a oração. É preciso rezar pela transformação local, social e mundial. A oração é a via certa para a mudança.

Mas então o jovem revolucionário deve só rezar? Também não. A atitude é essencial para a mudança, ou melhor, para a revolução acontecer. É preciso dar testemunho de uma vida cristã, respeitando as leis, sendo um bom cidadão e fazendo tudo com ética. As pessoas estão cansadas de receber informações; elas querem VER testemunhos. Portanto, a primeira mudança precisa acontecer em nós mesmos. O jovem revolucionário é aquele que é capaz de se autocriticar e até mesmo julgar para, então, mudar. Quanto mais nos autocriticamos, tanto menos tempo temos para criticar e julgar os outros. Espere de si mesmo a postura e a coerência de vida que você espera dos demais, para dessa forma, contagiar os outros pelo exemplo de vida. 

Papa Francisco, durante a Jornada Mundial da Juventude, promovida no Rio de Janeiro neste ano, exortou os jovens nesse sentido: “[…] Eu peço que vocês sejam revolucionários, eu peço que vocês vão contra a corrente; sim, nisto peço que se rebelem: que se rebelem contra esta cultura do provisório que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades, que não são capazes de amar de verdade. Eu tenho confiança em vocês, jovens, e rezo por vocês. Tenham a coragem de 'ir contra a corrente'. E também tenham a coragem de ser felizes!”

 

A revolução que precisa acontecer não é uma revolução com armas, destruição, vandalismo, mas sim com oração e atitude de vida.

Logo, você é convidado a começar a revolucionar a si mesmo. É de dentro para fora que a transformação acontece. Mas então você pode até dizer: "Eu não sou livre para ser um jovem revolucionário". E eu lhe respondo: Venha para o IV Acampamento 'Revolução Jesus', com o tema LIVRE PARA AMAR, e viva essa liberdade em Deus para assumir o seu lugar na Igreja e na sociedade.

Deus o abençoe!

Eu acredito em você!


Fernanda Soares
Missionária da Canção Nova e apresentadora do programa "Revolução Jesus"

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo