Você crê em milagres?

Segundo o Papa Bento XVI, "o Espírito Santo é Aquele que vivifica a Igreja e nos impulsiona a grandes prodígios". Como forma de clamar a este Espírito sinais e portentos em nossas vidas, a Canção Nova promove, entre os os dias 11 e 14 de outubro, o Acampamento Clamando por Milagres, na sede da Comunidade, em Cachoeira Paulista (SP).

 

O cardeal Franc Rode faz um paralelo sobre a ação do Espírito Santo quando diz que "Ele é como a eletricidade que se manifesta de diversas maneiras, gerando luz, som, calor, etc. Mas ela não anda sozinha; são necessários fios condutores. Se desligarmos a tomada, acabará a energia elétrica. Acontece o mesmo com o Espírito Santo, que se utiliza de uma rede de pessoas repletas d'Ele, que manifestam os dons: ora é uma palavra de sabedoria, ora de profecia; ora é uma cura e ora é um milagre. Sempre de acordo com a vontade do Senhor e a necessidade do povo".

Mas então, tais fatos, serão sempre milagres? Sobre isso, o Catecismo da Igreja Católica traz uma explicação: “Os milagres fortificam a fé naquele que realiza as obras de seu Pai; testemunham que Ele é o Filho de Deus. Não se destinam a satisfazer a curiosidade e os desejos mágicos. Ao libertar certas pessoas dos males terrestres da fome, da injustiça, da doença e da morte, Jesus operou sinais messiânicos; não veio, no entanto, para abolir todos os males da terra, mas para libertar os homens da mais grave das escravidões, a do pecado, que os entrava em sua vocação de filhos de Deus e causa todas as suas escravidões humanas” (§548 e §549).

 

Veja também:

 

::. O milagre é possível
::. Se queres, podes me curar

 

Foi exatamente isso que Cristo quis ensinar ao atender pessoas em busca de milagres e prodígios. Sempre me impressionou um fato narrado pelo evangelista Mateus. Um grupo de amigos leva um paralítico a Jesus para que o cure. O Senhor, porém, aparenta não entender e oferece ao doente a liberdade e a paz, por meio do perdão dos pecados, coisa que ninguém havia pedido.

Para Deus, a saúde física tem sentido se existe a saúde espiritual: “Para que se saiba que o Filho do Homem tem autoridade na terra para perdoar pecados – disse, então, ao paralítico –, levanta-te, toma a tua maca e vai para casa!” (Mt 9, 6).

Os milagres visam sempre o amadurecimento na fé, o crescimento na santidade e a decisão de fazer da própria vida um serviço aos irmãos. Foi o que fez a sogra de Pedro: ao ser curada por Jesus, “ela se levantou e se pôs a servir” (Mc 1, 31).

Não se trata de milagres, ou seja, de intervenções divinas, se o que se tem em vista são apenas caprichos e vaidades. Aliás, mesmo que Deus atendesse a todos os pedidos que fazemos, nunca estaríamos saciados, haveria sempre uma queixa e, na melhor das hipóteses, ao fim da vida, como diz o salmo 49, “seria semelhante ao gado gordo pronto para o matadouro”.

 

Veja um trecho da pregação "Crer para ver milagres": 

 

 
 

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: Conheça nossos aplicativos para iOS
:: Conheça nossos aplicativos para Android

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo