Acampamento para casais

Como ser feliz na vida a dois
25 a 27 JUL 2014
A felicidade do amor conjugal é o reflexo do amor de Deus pela humanidade

Alessandra Borges
Da redação

A Comunidade Canção Nova realizou de 25 a 27 de julho, em sua sede, localizada em Cachoeira Paulista (SP), o Acampamento para Casais teve como tema: "Como ser feliz na vida a dois".

Estiveram presentes no evento padre Vicente Neto, sacerdote da Comunidade Bethânia; padre Crystian Shankar, sacerdote do Santuário Nossa Senhora Aparecida, em Divinópolis (MG); Eugênio Jorge, músico e pregador da Missão Mensagem Brasil; professor Felipe Aquino, pregador de retiros em todo o país; e os consagrados da Comunidade Canção Nova Salette Ferreira, Ricardo Sá e Eliana Sá.

Segundo professor Felipe Aquino é importante que o casal reflita sobre o seu relacionamento como marido e mulher para que possam construir um casamento sólido e alicerçado em Deus.

“Quem não medita não se vê, não se encontra, não muda de vida, não melhora. A participação nos encontros de casais é uma excelente oportunidade para o casal parar e rever a sua vida. O carro que não vai para a revisão, acaba quebrando na estrada. Da mesma forma, o casal que não para a fim de rever a sua vida conjugal, quebra o relacionamento e torna-se infeliz. Nada melhor do que ouvir boas palestras de pessoas que já viveram ou que estão vivendo um casamento segundo a vontade de Deus. Nada melhor do que parar e meditar, rezar e conversar, reencontrar a si mesmo, o outro e a felicidade do amor conjugal, que é um reflexo do amor de Deus pela humanidade”, aconselha o professor.

Aquino também enfatiza que o segredo para se ter um casamento duradouro e feliz começa no namoro, pois é necessário que os futuros casais se conheçam e se preparem bem para darem este próximo passo. É importante viverem um bom namoro, se conhecerem bem e não esconderem um do outro sua verdadeira personalidade nessa fase.

“Quando isso acontece [não se conhecerem e esconderem a verdadeira personalidade], depois de casados surgem as surpresas, pode parecer que se casou com um desconhecido. O namoro é fundamental porque é o início da construção da futura família. Então deve ser um namoro sério, cristão, no qual um está preocupado em construir a felicidade do outro, deixando a vida sexual para ser vivida no casamento. Quando o casal de namorados e noivos luta para viver a castidade, estão se preparando para serem fiéis um ao outro no casamento. Um casamento duradouro e feliz precisa ter a graça de Deus, porque o pecado original tornou a nossa natureza enfraquecida, complicada, manhosa, egoísta, gananciosa, orgulhosa, irada, invejosa, etc. Só com a graça de Deus podemos vencer tudo isso e viver o verdadeiro amor conjugal, no qual existe comprensão, perdão, paz, harmonia, carinho, atenção, respeito mútuo, elogios, correção carinhosa, crescimento a dois, felicidade”, frisa o apresentador da "Escola da Fé".

A harmonia conjugal precisa fazer parte do dia a dia do casal, contudo, para conquistá-la é relevante apoiar-se na fé e no amor de Deus e viver o perdão, a reconciliação e a verdade.

“Que se entenda que o casamento não é uma curtição a dois, mas uma nobre, bela e difícil missão que Deus nos confia: fazer o outro crescer, ser feliz; e gerar e educar os filhos para Deus, futuros cidadãos do céu”, salienta professor Felipe.

Com o compromisso de resgatar a graça do amor conjugal  os casais participaram do encontro.

Pregadores confirmados:

Padre Chrystian Shankar

Sacerdote do Santuário Nossa Senhora Aparecida - Divinópolis (MG)

Padre Vicente Neto
Sacerdote da Comunidade Bethânia

Eliana Sá
Missionária da Comunidade Canção Nova

Eugênio Jorge
Pregador da Missão Mensagem Brasil

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

Ricardo Sá
Missionário da Comunidade Canção Nova

Salette Ferreira

Missionária da Comunidade Canção Nova

Ziza Fernandes
Cantora católica

↑ topo