A misericórdia revela o amor Deus

Frei Josué. Foto: Wesley Almedia/cancaonova.com

Frei Josué. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Maria estava chorando fora, junto ao sepulcro. Estando ela, pois, chorando, abaixou-se para o sepulcro. E viu dois anjos vestidos de branco, assentados onde jazera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. E disseram-lhe eles: Mulher, por que choras? Ela lhes disse: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram.
E, tendo dito isto, voltou-se para trás, e viu Jesus em pé, mas não sabia que era Jesus.
Disse-lhe Jesus: Mulher, por que choras? Quem buscas? Ela, cuidando que era o hortelão, disse-lhe: Senhor, se tu o levaste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei. Disse-lhe Jesus: Maria! Ela, voltando-se, disse-lhe: Raboni, que quer dizer: Mestre.” (João 20,11-16)

Maria Madalena é exemplo de misericórdia em nossa vida. O demônio a oprimia e a fazia viver em pecado, mas Jesus a livrou da morte e a levantou quando ela menos esperava.

Fale para Deus que você precisa da misericórdia d’Ele. Muitas vezes, somos como o filho pródigo quando se encontra com o Pai, mas, com o passar do tempo, mesmo estando na Igreja, tornamo-nos o filho mais velho.

Maria Madalena abriu o coração ao Senhor e recebeu d’Ele a misericórdia. Você precisa se aproximar da fonte de misericórdia que é Jesus. Não se afaste do Senhor, persevere! As vezes, o demônio faz com que desistamos quando a graça está bem pertinho de nós.

Maria Madalena foi ao sepulcro pensando que Cristo estava morto. Ao chegar, ela se inclinou sobre o local e o viu vazio. Quantas vezes, nós nos prostramos ao olhar para o nosso problema! Temos de renovar a nossa esperança, temos de acorde na madrugada e rezar o terço da misericórdia. Assim, veremos muitas graças acontecerem.

Não cultue a morte. Olhe para Jesus e não para o seus problemas. O demônio tem usado muito a autopiedade para desanimar as pessoas. Meus irmãos, tirem o olhar das criaturas, tire o olhar do fracasso! Levante a cabeça e olhe para Deus.

“E viu dois anjos vestidos de branco, assentados onde jazera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. E disseram-lhe eles: Mulher, por que choras? Ela lhes disse: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram.”

Jesus, sabendo que Maria estava prostrada diante daquela situação, mandou um anjo para acalmá-la. Deus também nos manda anjos. A Canção Nova, por exemplo, é como um anjo para nós por meio dos sacerdotes. E o anjo hoje lhe diz: “Jesus não está morto. Há esperança para nós”.

Peregrinos participam da pregação do Frei Josué. Foto: Wesley Almedia/cancaonova.com

Peregrinos participam da pregação do Frei Josué na Canção Nova / Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

O Senhor nos conhece. No meio da multidão, Deus não vê a todos, mas cada um. Permita que Ele alcance a sua intimidade.

Uma coisa é você ouvir falar de Jesus, outra é vê-Lo. Vá buscar o Senhor, cresça na sua vida de oração, volte a estar mais perto de Cristo.

“Confiou em Deus, Deus o livre agora, se o ama, porque ele disse: Eu sou o Filho de Deus! E os ladrões, crucificados com ele, também o ultrajavam. Desde a hora sexta até a nona, cobriu-se toda a terra de trevas. Próximo da hora nona, Jesus exclamou em voz forte: Eli, Eli, lammá sabactáni? – o que quer dizer: Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste? A estas palavras, alguns dos que lá estavam diziam: Ele chama por Elias. Imediatamente um deles tomou uma esponja, embebeu-a em vinagre e apresentou-lha na ponta de uma vara para que bebesse.” (Mateus 27:43-48)

contribuicaocn

Nessa hora, Jesus sentiu o abandono de Deus, Ele sentiu o inferno, mas venceu por amor a nós. Por isso, nessa hora, ele não chama Deus de Pai. Jesus nos devolve a paternidade, Ele diz que “agora não é o meu Pai, mas o nosso Pai”.

Quantas pessoas precisam de um testemunho para se encontrar com o Pai! Não vá ao confessionário para contar seus problemas ou sofrimentos; vá com o coração arrependido e confesse seus pecados. Quem encontrou a misericórdia será misericordioso.

Transcrição e adaptação: Elcka Torres

Adquira esta pregação pelo
telefone (12) 3186-2600

 
Mais fotos:
<<<


Frei Josué Pereira de Sousa


Ordem dos Frades menores conventuais da Província de Brasília

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo