Diálogo entre Deus misericordioso e a alma

O diálogo com Deus é uma oração

Eliana Sá
Foto: Paula Dizaró/cancaonova.com

No ano de 2002, o Papa João Paulo II, consagrou o mundo todo à Divina Misericórdia. No entanto, a humanidade ainda não se despertou para esta realidade.

Estamos num tempo de graça, de milagres. Será que você já se despertou para este tempo da misericórdia? Todo tempo é marcado por um começo, meio e fim. Corramos para a misericórdia enquanto é tempo!

A mensagem central da Festa da Divina Misericórdia é a esperança. Nesta Festa, destinada aos pecadores, preparamo-nos para receber a indulgência plenária.

O diálogo com Deus é uma oração. A oração que mais agrada o coração de Deus é o nosso diálogo com Ele, é a nossa verdade; a oração do nosso coração.

O desespero nos deixa surdos diante da voz de Deus, porque nossos pecados são grandes e, às vezes, sentimo-nos tão pecadores e miseráveis que achamos que não temos mais solução. Tenha a coragem de se perdoar, tenha misericórdia de você mesmo, para que possa abrir-se à misericórdia de Deus.

A casa do Pai é o lugar da nossa restauração! Este Pai misericordioso nos ama, acolhe-nos e cura as feridas que os pecados deixam em nós.

Nosso Senhor sabe das fraquezas de nossa alma. Quantas almas estão anêmicas e abatidas! Permita que o Senhor traga cruz, calor e vida a você.

Existe em nós uma tendência de nos fixarmos em nossos erros, onde chegamos a duvidar de Deus. É mais fácil dizer que nossas lutas são castigos de Deus. Mas, Ele não nos castiga! Ele nos leva para a casa do Pai.

O pecado da desconfiança é o que mais fere o coração de Deus. Mas se você veio à Festa da Misericórdia é porque ainda confia em Jesus.

Não tenhamos vergonha dos nossos pecados, pois precisamos experimentar a graça da misericórdia!

Leia mais:
Quais são os efeitos da misericórdia?
Deixar-se formar pela misericórdia


Transcrição e adaptação: Karina Silva

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo