Vivamos a misericórdia enquanto é tempo!

Daniela Miranda

Daniela Miranda. Foto: Andréia Britta/cancaonova.com

Hoje, quero compartilhar sobre o tempo. Quanto tempo cada um de nós tem? Não sabemos, mas veja o que Jesus disse a Santa Faustina.

Santa Faustina estava recitando o texto da misericórdia e escutou uma voz dizendo:
“Oh, que grandes graças concederei às almas que recitarem este terço. O interior da Minha misericórdia se comove por aqueles que recitam este terço. Anota essas palavras, Minha filha, fala ao mundo da Minha misericórdia. Este é o sinal para os últimos tempos; depois dele, virá o dia de justiça. Enquanto é tempo, recorram à fonte da Minha misericórdia, tirem proveito do Sangue e da Água que jorraram para eles.” (Diário de Santa Faustina nº 848)

A Palavra meditada está no Evangelho de São João 16,20-22.

Neste mundo, estamos chorando? Neste tempo, estamos lamentando? Parece que nós cristãos estamos vivendo um tempo mais difícil, e a Palavra nos diz: “O mundo se alegrará”, mas a sensação é de que o sofrimento só bate a nossa porta.

A nossa expectativa é saber quando vamos ver Jesus de novo. O nosso lugar não é aqui, o nosso lugar é o Céu. Quando falamos de tempo, podemos atribuir a duas perspectivas: uma do tempo cronológico, pois parece que o tempo nos devora e vai passando por cima de nós. Parece que ele passa muito depressa, entretanto, se vivemos tudo o que precisamos, estamos aproveitando. A segunda perspectiva do tempo é o kairos. Estamos esperando a volta do Senhor e, neste espaço de tempo, precisamos viver o kairos que Deus tem para nós, precisamos viver esse tempo da graça. Precisamos aproveitar as oportunidades do dia a dia para estarmos com quem amamos.

Enquanto é tempo, recorramos à força da misericórdia!

Queremos aproveitar o tempo, mas parece que estamos com uma venda nos olhos, estamos cegos, não conseguimos olhar para o outro e enxergar nele o rosto de Cristo.

O Senhor quer nos ensinar, quer nos colocar no caminho, mas não estamos com os olhos abertos. Abramos os nossos olhos para o tempo da graça de Deus!

Hoje, no nosso tempo, não precisamos nem sequer ligar a televisão para termos conhecimento de tantas tragédias. Estamos no mês de abril, mas parece que já vivemos tantas situações, que nos dão a impressão que estamos lá em outubro.

Muitas pessoas dizem: “Está próximo o fim”, mas para nós cristãos será um tempo de muita alegria, pois estaremos com o Cristo Jesus.

Vivemos, na semana passada, a Paixão do Senhor, e é este caminho que precisamos fazer. Por isso, não tenhamos medo. Esse “enquanto é tempo” não é de medo, mas de alegria. Nada do que passamos, nesta Terra, tem comparação com o que nos espera no Céu.

Leia mais:
.:A Misericórdia Divina está sempre ao nosso alcance
.:Coração, lugar onde a misericórdia e a oração se fazem presentes
.:A sociedade precisa reviver a misericórdia de Deus e ser banhada por ela

Vivamos esse kairos, esse tempo oportuno que Deus está nos dando, afinal, não sabemos quanto tempo temos, mas, como disse São Paulo: “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Filipenses 1,21).

Somos aqueles que acreditam na Ressurreição do Senhor, e essa é a verdade que deve estar em nosso coração.

Enquanto estamos neste tempo, neste mundo, as lutas que enfrentamos fazem parte, mas o que podemos fazer para mudar as situações que estamos vivendo? Enquanto é tempo, recorramos à força da misericórdia!

Transcrição e adaptação: Karina Silva

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo