Será que o mundo, hoje, precisa de um Pai?

Padre Márcio

Padre Márcio do Prado. Foto: Jorge Ribeiro/cancaonova.com

Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!

Hoje, é um dia de graça! Hoje, é dia de indulgência plenária, porque é o dia do Titular, o dia do Pai das Misericórdias, dia da Santíssima Trindade! Portanto, é um dia de indulgência plenária para quem estiver em estado de graça.

O tema da nossa festa, deste ano, é “O Pai me ama”. Mesmo pecadores, Ele nos ama. E se você se perguntar: “Quando o Pai me ama?”, saiba que, na verdade, a pergunta certa seria: “Quando Ele não nos ama?”. Ele nos ama sempre!

O Pai, Criador, fez todas as coisas. Em Gênesis, nós vamos notar que a Terra era vazia, não tinha forma, mas, pela graça de Deus, o mundo foi feito. Para nenhuma das criaturas ou em Suas outras criações, Ele falou: “É minha imagem e semelhança!”, mas, quando criou o ser humano, Ele disse: “É minha imagem e semelhança!”.

Quando nos olhamos no espelho, não estamos olhando somente para nós, mas para a criação de Deus. Sejamos mais profundos ao nos olharmos, admiremo-nos mais, pois somos a imagem e a semelhança de Deus. O Senhor nos ama desde a criação.

Deus escolheu você!

Infelizmente, o ser humano pecou, porque quis estar acima de Deus. O homem pecou pela desobediência. Nós trazemos uma tendência para o mal, por causa do pecado original. No entanto, temos também uma tendência para o bem, por causa da santidade original. Nós vemos o amor de Deus representado nos profetas, por onde Ele se manifesta. Mesmo que sejamos pecadores, Ele procura demonstrar Seu amor por nós.

Embora você tenha pecado, tenha errado, Deus escolheu você. Por isso não trate a sua vida como uma vida qualquer. Você não é só mais um neste mundo, mas um filho amado de Deus Pai. Ele troca reinos por ti. Você vale muito! E se Ele troca reinos por você, então, valorize a sua vida, valorize o amor que o Pai tem por você! Ele o escolheu, criou você.

Deus quer que sejamos luz neste mundo. E mesmo que não acreditemos em nós mesmos, Ele quer nos usar. Mesmo pecando, Ele manifesta o amor d’Ele pelos outros por meio de nós.

Leia mais:
::Santuário do Pai das Misericórdias
::Jesus Cristo: cumprimento do desígnio de amor do Pai

Tudo por amor

Deus amou tanto o mundo, que enviou Seu Filho para que todo aquele que n’Ele crê não pereça, mas tenha vida eterna. O Pai do Céu, que nos criou por amor, deu-nos uma nova oportunidade quando enviou Jesus ao mundo para nos salvar.

Você tem um filho ou alguém especial? Seria capaz de entregar essa pessoa por amor? O Pai do Céu fez esse grande sacrifício por amor a nós. Será que o Pai nos ama? Ele nos ama dando o Seu filho. O Pai deseja salvar a todos, mas muitos ainda não creem n’Ele. Ele deseja que todos se convertam, e está nos dando tempo para que isso aconteça.

Vamos nos voltar para o Senhor, acolher o Seu amor, Sua misericórdia! Estamos aqui de passagem. Fomos feitos para o Céu, para a santidade original. Tomemos posse do amor que Deus tem por nós!

O mundo precisa de um Pai, precisa de misericórdia.

Transcrito e adaptado por Rebeca Astuti

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo