Deus é amor, misericórdia e perdão

A misericórdia de Deus é sem fim!

Refletiremos a Palavra de Deus que está no Evangelho de Marcos, capítulo 2, versículos de 1 a 12. Jesus disse para aquele homem: “Filho, os teus pecados te são perdoados”. 

O Senhor nos diz isso, porque (infelizmente) somos “duros na queda”. A nossa cabeça fica arquitetando coisas contra nós, isso é como erva daninha, fruto do pecado original. Mas, infelizmente, os nossos pensamentos acabam sempre conspirando contra nós.

.: Ouça esta pregação, na íntegra:

A coisa mais preciosa que o Senhor nos deu é a nossa inteligência, mas junto com os nossos pensamentos, estão nossos sentimentos e emoções conspirando contra nós.
O Senhor nos fala que perdoa, que é perdão e misericórdia. Porque faz parte da essência d’Ele ser amor, misericórdia e perdão.

Assim como São João disse que Deus é amor, ele também poderia dizer que Ele é misericórdia; poderia dizer que Ele é perdão, porque uma coisa não “sai” da outra.

Mas, apesar disso, nós não nos convencemos. Hoje, mais uma vez, o Senhor está dizendo: “Filha, filho, os teus pecados estão perdoados”. Já estou até imaginando a reação de alguns pensando “isso é assim, tão fácil?”, assim como os fariseus pensaram.

Se reconhecemos os nossos pecados, Deus aí está fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda iniquidade”

“Se dizemos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos e a verdade não está em nós. Se reconhecemos os nossos pecados, Deus aí está fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda iniquidade” (1Jo 8,8-9).

Porque Deus é misericórdia e perdão; é só aproximar-se d’Ele que a misericórdia e o perdão já acontecem.

Se eu colocar um papel perto do fogo, com certeza, ele queimará.
Enquanto guardamos o pecado para nós e ficamos remoendo o sentimento de culpa, ficamos dando justificativas e não tomamos a decisão de nos confessar ao Senhor, dessa forma o pecado continua em nós. A verdade não está em nós e ainda chamamos Deus de mentiroso.

Mas, se reconhecemos os nossos pecados, Deus ali está! Ele que é amor, misericórdia e perdão.

Coloque o seu pecado, o seu sentimento de culpa no “fogo do amor” e da misericórdia de Deus

Às vezes, somos tolos e pegamos os restos do papel queimado e ficamos com as mãos sujas… Mesmo depois de já termos sido perdoados. Ficamos sujos com o resto do pecado e essa sujeira fica agarrada em nós, enquanto o nosso Deus é amor e misericórdia!
“Não ande mais com as suas mãos sujas, lave tudo, tire toda sujeira do pecado e todo resto do pecado que ficou em você.”

Preciso explicar que a ligação entre pecado e doença não é aquela que a nossa cabeça nos mostra. Quanta gente pensa que está doente porque Deus castigou. Quem nunca pensou que as doenças e males da vida acontecem porque Deus castigou?

Pecado na minha vida nunca mais

O nosso Deus não é castigador. O que acontece é que, infelizmente, os nossos pecados, muitas vezes diretamente já causam doenças. Por exemplo, a pessoa que nutre raiva e rancor acaba com seu fígado, seu estômago, seu sistema circulatório. É uma ligação direta, porque não fomos feitos para odiar.

Quando você abre uma brecha para o pecado, você deixa a porta do seu corpo “escancarada”. O primeiro que entrará é o pecado e depois dele entra quem quiser. 

Você entendeu? Não é Deus quem nos castigou, mas você deixou brecha para o inimigo entrar.
Por isso, vamos nos decidir, repita comigo: “Pecado na minha vida, nunca mais! Se eu pecar, não vou ficar nenhum dia, nenhuma tarde, nenhuma hora em pecado. Vou reconhecer logo a minha culpa e vou me apresentar ao Senhor. Vou me apresentar ao meu Deus, meu Senhor que é amor, misericórdia e perdão. E na hora em que eu reconhecer e me apresentar, Ele já está perdoando porque é amor, misericórdia e perdão”.

É claro que se é um pecado grave, será preciso passar pelo sacramento da confissão, daí eu tenho não somente o perdão de Deus, mas um documento que prova que Deus me perdoou. A confissão garante o perdão que você adquiriu quando reconheceu seu pecado.

Não perca tempo! Reconheça-se pecador o mais rápido possível e receba d’Ele a plena purificação dos seus pecados. Apresente-se ao Senhor, para viver vida nova.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo