PHN

Somente em Cristo encontramos a Verdade que liberta

Dunga prega no PHN 2019

Dunga | Foto: Bruno Marques / cancaonova.com

Logo depois que Cristo morreu e ressuscitou, iniciou-se o período de perseguição dos seguidores de Jesus. Ele pagou o preço dos nossos pecados na Cruz. 

O mundo quer voltar com ideologias que são controversas à verdade de Cristo.  Entretanto, a busca pela verdade permeia Jesus que é o Caminho, a Verdade e a Vida. Se sairmos desse Caminho, dessa Verdade e dessa Vida, iremos cair na mentira e na morte.

Deus age pacientemente em nossa vida. E, ainda, tem paciência, pois Ele é eterno. Por isso, temos de ter pressa em conhecer a Verdade, pois somos finitos. 

 

Somos finitos nesse mundo

Sempre digo que desejo ficar ‘velho’. E quando olho as pessoas mais velhas jogando dominó e baralho na praça, penso: “Meu Deus! Que sonho de consumo!”. Desejo que um dia eu assista à TV Canção Nova com meus amigos e diga: – “Você lembra quando éramos nós que pregávamos e fazíamos shows?”. Mas enquanto não estou nessa fase, preciso aproveitar e conhecer o Deus vivo. 

“O mundo é efêmero, mas tudo o que vem de Deus é eterno” – Dunga | Foto: Bruno Marques / cancaonova.com

 

Se lermos o trecho bíblico de João 2, 12-17, encontramos o seguinte escrito:

Filhinhos, escrevo-vos, porque pelo seu nome vos são perdoados os pecados. Pais, escrevo-vos, porque conhecestes aquele que é desde o princípio. Jovens, escrevo-vos, porque vencestes o maligno. Eu vos escrevo, filhos, porque conhecestes o Pai. Eu vos escrevi, pais, porque já conhecestes aquele que é desde o princípio. Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre”.

Estar no mundo, mas não se prender a ele

Sabe aquele pecado que cometemos semana passada, se o confessarmos ele será perdoado. Mas, precisamos nos permitir ser conduzidos por Deus, para que não caiamos nas mentiras que estão nos apresentando. Porém, se o próprio Senhor fala que somos fortes, não podemos cair nessas ‘conversas’. 

Leia mais:
.: A confissão é o caminho para uma nova vida longe dos pecados
.: O pecado é o nosso maior inimigo

Baseado no trecho lido, podemos extrair um conselho do discípulo João o qual nos orienta para que não amemos o mundo nem as coisas que estão nele. 

O mundo é efêmero, mas tudo o que vem de Deus é eterno. Se rompermos com as coisas que não vêm do Senhor, encontraremos a glória de Deus. 

Precisamos reconhecer que somos fortes e abandonar tudo o que nos aprisiona e nos mantêm longe do Pai

Não podemos ter medo de sermos santos. Todas as mentiras, todo o falso conhecimento precisam ser dispersos de nossa vida. Em Cristo, nós vencemos esse mundo!

Assista pregação completa:

Transcrição e adaptação: Letícia Barbosa

banner era medieval

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo