PHN

Um jovem novo, de coração curado

Um_jovem_novo_de coracao_curado

Dunga. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

O jovem está muito machucado, ele precisa ser curado

Bartimeu era cego. Quando ele se encontrou com Jesus, Jesus o chamou no canto e começou a fazer uma obra maravilhosa nele. Marcos 8, 22-26:

“E chegou a Betsaida; e trouxeram-lhe um cego, e rogaram-lhe que o tocasse. E, tomando o cego pela mão, levou-o para fora da aldeia; e, cuspindo-lhe nos olhos, e impondo-lhe as mãos, perguntou-lhe se via alguma coisa. E, levantando ele os olhos, disse: Vejo os homens; pois os vejo como árvores que andam. Depois disto, tornou a pôr-lhe as mãos sobre os olhos, e o fez olhar para cima: e ele ficou restaurado, e viu a todos claramente. E mandou-o para sua casa, dizendo: Nem entres na aldeia, nem o digas a ninguém na aldeia.”

Quando a gente lê que Jesus cuspiu nos olhos dele, a princípio a gente fica indignado. Como alguém pode cuspir na cara de alguém? Mas na verdade Deus deu o que estava dentro dele para a outra pessoa. O Ruah é o sopro de Deus que dá vida à criação. Algo que estava dentro dele e veio para dar vida!

Ali com Bartimeu Jesus foi direto, não dava tempo de fazer o barro como foi no caso do cego da piscina de Siloé. Jesus não tinha tempo para isso. Não sei se a pressa era porque o cego realmente precisava muito voltar a enxergar… Assim como o jovem hoje que precisa voltar a ter visão e é algo urgente, agora!

Juventude é tempo de ralar, de discernir a vida, de escolher, fazer cursos, fazer uma faculdade, terminar o ensino fundamental, médio… é o seu tempo! É urgente que você volte a enxergar e invista em você!

Quando trouxeram aquele cedo até Jesus ele o tirou do povoado, cuspiu em seus olhos, impôs-lhe as mãos e perguntou: está vendo alguma coisa? “Estou vendo pessoas como árvores andando”. Ele estava recobrando a visão. Assim como o cego, tiraram você do seu povoado e trouxeram até Jesus.

É como se dissessem: “Jesus, olha esse cara aqui, lá na casa dele é como um cavalo no jeito que trata o pai, a mãe, responde, bate a porta”! Você é um cego e algumas pessoas te trouxeram para Betsaida e Jesus já chegou chegando. Com jovem é assim, tem que chegar chegando.

E se o cego começou a ver pessoas como árvores é sinal de que ele já havia enxergado antes. Você quando veio e começou a rezar, é como se tivesse recebido essa cusparada. É Jesus que está cuspindo na sua cara. Desculpe se estou traumatizando você, mas é isso. Não é um cuspe de ofensa!

É assim que você vai voltar para casa depois desse PHN: enxergando perfeitamente. Você vai voltar a enxergar a sua mãe de um jeito certo, o seu pai de um jeito certo. Se você até então passava em frente a pia suja e dizia: “isso não me pertence”, é tempo de ter uma visão nova. E outra coisa: “quem tem que lavar a sua cueca suja é você, não é a sua mãe”!

Tudo bem, você estava cego… Mas agora estamos devolvendo você enxergando perfeitamente. E quando a gente volta a enxergar é como se o mundo ficasse mais bonito. Porque quando estamos enxergando as pessoas como árvores temos uma visão distorcidas de nós e dos outros. Você se considere “o cara”! Mas você não é tudo isso…

O contrário também acontece. Às vezes a gente começa a se enxergar também com a autoestima baixa, começa a se desprezar. Mas quando a gente volta a enxergar perfeitamente a gente começa a se enxergar como a gente é.

João Paulo II no ano 2000, na Jornada mundial da Juventude, nos disse: “voltem para seus países e sejam aquilo que vocês vão encendear o mundo”. Pergunto a você: você sabe aquilo que você é?

Essa ideologia de gênero faz você olhar para o seu corpo e dizer, mesmo olhando no espelho e vendo um homem: “eu sou mulher”. E faz a menina se olhar, nua no espelho e dizer: “eu sou homem”. Essa é a imagem que o mundo quer que você tenha de você. Essa é a imagem distorcida de uma pessoa que ficou cega.

Você estava cego mas agora está começando a enxergar. É inconcebível você voltar para casa com uma visão turva. Você precisa voltar com a visão perfeita, porque senão não valeu a pena. Jesus te tirou do povoado, rezou sobre você, você começou a recobrar a visão, mas ainda não enxergava bem. Mas agora precisa voltar com a visão perfeita.

Dizer que maconha é normal, não faz mal para a saúde? Não faz uma ova! Faz você lento, você vai ficando lento no aprendizado. Está todo mundo estudando, passando no vestibular e você vai ficando para trás. Os que defendem a maconha estão lesados, dá para perceber até nas entrevistas que eles dão na televisão.

Umjovemnovodecoracaocurado

“A pior de todas as cegueiras não é catarata, o glaucoma.. é quando eu não quero me enxergar!”, disse Dunga: Foto Wesley Almeida/cancaonova.com

.: Veja mais fotos

Quando você vai no açougue comprar uma carne de primeira o açougueiro não gosta nem que você compre pela metade. Ele vai na câmara fria e pega para você, tem um tratamento todo especial. A carne de segunda é que fica ali exposta. Então, olha menina: você não é carne de segunda! Você é carne de primeira! E se alguém está te usando como carne de segunda é porque você está permitindo. Você está cega e está deixando eles te usarem.

A coisa mais bonita que Deus fez foi a mulher. Só que o mundo não, ele diz para você usar todos os métodos e transar mesmo. Mas Jesus não! Ele te tirou desse povoadinho, cuspiu na sua cara e te fez enxergar de novo… Se eu topasse com Jesus agora eu ia pedir para Ele dar uma cuspida na minha cara!

Jesus depois fala para o cego: não entres no povoado. Eu sei de onde você saiu. Alguns saíram de uma realidade de depressão, de drogas, de prostituição.. Mas Jesus está dizendo para você: não volta para lá não! Você sabe o local que te faz pecar, então não volte para lá! Se não você está fazendo todos nós de palhaços. Jesus está te dizendo: não volte para o povoado, reescolha suas atitudes, seus amigos…

Sabe para onde você precisa voltar? Para os livros! Às vezes você inveja aquela moto que passa… Então vai trabalhar, vai repensar a vida, se esforce na matéria que mais tem dificuldade… Converse com o namorado, a namorada, retome a relação como gente de verdade, volte a ter visão!

Você menina, chegando em casa, pegue um batom, vai no espelho e escreva: uma nova mulher! Você rapaz, pegue aquela espuma de barbear, chegue no espelho e escreva: um novo homem! Deixe Deus curar você! Você tem condições de fazer isso, porque esse fim de semana Jesus cuspiu em você. Colocou em você o que havia dentro dele. O que você vai fazer com isso eu não sei. Mas eu sei o que eu estou fazendo isso há 32 anos. Eu entrei numa Igreja em 1983 bêbado, drogado, não estava entendendo nada…

Eu cheguei e aquele pessoal levantando a mão, cantando. 40 minutos ali foram suficientes. Ali eu senti umas 40 cusparadas na minha cara e aí comecei a recobrar a minha consciência. O fato é que entrei naquela Igreja drogado e saí batizado no Espírito Santo de Deus. E é o que está acontecendo com você aqui agora! “Eu curo o coração atribulado e enfaixo suas feridas”

A pior de todas as cegueiras não é catarata, o glaucoma.. é quando eu não quero me enxergar! Mas se você quer viver um tempo novo na sua vida, ter esperança, força de vontade, volte pra Deus! Quero ser simples nesta manhã: volte pra Deus! Deixe Deus curar essa imagem distorcida que você tem de você mesmo!

Quero contar para vocês como surgiu o tema desse acampamento: estavam me cobrando o tema e eu ainda não tinha, havia rezado e nada… Teve um dia que eu falei para Deus que não ia dormir até escolher o tema, e nada. Numa terça-feira, depois do PHN, já de madrugada, só ficou eu e o Mi, colaborador antigo da Canção Nova. Só tinha nós dois no estúdio, as luzes apagadas, aí ele me chamou no canto e falou: “o povo está muito castigado, o povo precisa de cura”.

E foi assim que Deus nos deu o tema desse acampamento. O jovem está muito machucado, ele precisa ser curado! Aí chamei um amigo meu e falei: Deus está precisando curar a juventude. Ajude-me a escolher um trecho bíblico e na hora ele já foi folheando e chegamos nesse tema. E o que a gente está vendo esses dias na Canção Nova é esse Deus curando essa juventude PHN, enfaixando as feridas! Pode rodar a camiseta!

Transcrição e adaptação: Thaysi Santos

contribuicaocn

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo