A Água Viva nos liberta do veneno

'Levantai-os olhos e vede os campos. Eles já estão dourados para a colheita'.
Nós somos comparados a grãos como na parábola do trigo e do joio.

Quando o grão de trigo é recolhido, separado e seco, ele começa a criar um veneno ao seu redor, que o protege. Um veneno que vai ser guardado até ele germinar, porque ele tem esta vida dentro dele, protegendo-o contra os microorganismos.

Na Terra Santa existem uns grãos que viveram por muitos anos e quando os colocaram para germinar, eles germinaram. Quando nós colocamos na água no feijão, dentro dele desperta aquela vida, então, ele começa a soltar o veneno, e este vai para a água, por isso aquela cor escura.

Qualquer grão é assim, irá germinar e não vai precisar mais do veneno. Se colocar o feijão na água, no dia seguinte já vai render 40% a mais, só de ter ficado na água. Por que estamos falando nisso? Esta "água" também começa a agir em nós e começamos a soltar o "veneno". Quantos ‘arquivos’ e ‘pastas’ presas dentro de nós. Veneno que carregamos com as situações que guardamos dentro de nós, como a falta de perdão e outras mais que nos magoam.

Você conhece a história de sua esposa? Do seu marido? Como minha esposa pode ser uma boa mulher se de repente ela foi abusada na infância pelo padrasto? E tantos outros casos. Precisamos conhecer o ‘porquê’ de nossas ações. Principalmente os que bebem. Geralmente, na gestação sofreram com uma discussão dos pais, na qual se sentiram rejeitados, e daí beberam o líquido amniótico para não sentir nada, e por isso que hoje esta pessoa na fase adulta bebe. Para não sentir nada e aliviar seu sentimento, seus sofrimentos.
O veneno que tem dentro dele é solto para a bebida, então daí começamos a entender o interior.

Sobre o que está em nosso interior não conseguimos mentir. Nós passamos exatamente para o outro o que somos, e assim é formado o caráter. O caráter é o que eu faço. Aquilo que ninguém sabe e nunca vai saber, mostra o meu caráter. Como isso é importante na vida familiar. O meu caráter o outro percebe.

Jesus mostra para a samaritana que é pedindo a "Água Viva" que o "veneno" é retirado. Quanto mais eu me abrir ao Espírito Santo menos "veneno" terei. Mais rico eu serei para o outro. O feijão se enriquece para o outro. Não para se proteger, mas para germinar.

Na primeira leitura, o povo começa a murmurar. Murmúrio é aquele cochicho no ouvido baixinho. Um começa a murmurar e assim vai passando para o outro e multiplicando. Na família, um começa e acontecem as brigas. O mais envenenado é quem começa.

Nós apontamos nos outros o que está errado em nós. Quais são meus pontos fracos? São os que eu vejo no outro. Eu murmuro "por isso e por aquilo" porque não estou bem. Quem não é autêntico, quem não é bom caráter, se esconde.

Que veneno há dentro daquela pessoa que amo? Da mãe, filha, filho?… A boca vai falar do que o coração está cheio.
Com a pessoa que é azeda, não adianta falar a mesma coisa. Quando a pessoa é assim, use a estratégia do ladrão: fator surpresa. Diga: Que sapato bonito! Que penteado belo! E daí a pessoa fica perdida porque você não entrou em seu azedume.

A pessoa conduzida pelo Espírito reage diferente, porque se deixou "germinar" por Ele, é diferente, porque soltou o veneno. E isso é ser uma pessoa enriquecida.

Você, que vive com uma pessoa envenenada, dirija-se ao Coração de Jesus. Seja a pessoa que leva o Espírito Santo às pessoas envenenadas.

Senhor, te peço, derrama esta Água Viva para suportarmos as situações de bebedeiras, adultérios, frigidez. Dê-nos seu Espírito Santo. Leve a água necessária para curar esta área machucada.

Deixe sair o veneno. Não podemos culpar o trigo ou o feijão do veneno, pois Deus nos ama como nós somos.
Precisamos saber distinguir a pessoa dos seus erros. Quem é melhor? Quem é maior: a pessoa ou os defeitos?
Por isso, Deus nunca nos abandona. Ele vê naquela mulher e naquele homem muito mais que os seus erros e pecados. Esses defeitos não se comparam com a grandeza de sermos filhos de Deus.

Por isso rezamos: "A nossa proteção está no nome do Senhor, que fez o céu e a terra".
E se você não proteger a sua casa dos venenos da vida, poderá perdê-la. Não se deixe envenenar.

Que o Espírito Santo fecunde seu interior e emane rios de água viva. E então, desabroche esta vida cristã em nós, este amor de vida eterna. Fecundando nosso coração.

Transcrição: Eliziane



 ADQUIRA ESTA PREGAÇAO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600


 


Padre Alir Sanagiotto, scj


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo