A alegria é o sentido da eternidade

Padre Eliano
Foto: Regiane Calixto

Se abra para a Sagrada Escritura para saber como deve se manifestar a verdadeira alegria. Se nos apegamos a tantos valores que não brotam da fonte que é a Palavra de Deus, nós mergulhamos naquilo que não é dom de Deus e que de alguma forma são referências de alegria para nós, que haja uma conversão de suas referências, mudança de coração. A Sagrada Escritura traz de forma profunda e densa a verdadeira referência.

Talvez você esteja caminhando, mas você não apresenta essa alegria porque suas motivações não são autênticas, estão corrompidas por coisas que não fazem parte da verdade de Deus.

Na Sagrada Escritura, a alegria vai transcendendo o sentido daquilo que é terrestre, e vai se tornando a marca da salvação que se aproxima. No Antigo Testamento vamos olhando que de forma crescente, a Palavra vai mostrando essa alegria verdadeira.

A Sagrada Escritura demonstra o limite e a brevidade dos bens terrestres que não sanam o desejo do coração do homem de fazer essa experiência com Deus. Será que sua alegria está estabelecida nos bens terrestres? E aqui você irá parar nos limites dos bens terrestres, e quando essa brevidade se aproxima a pessoa fica sem base. Depende de Deus a sua alegria.

Mesmo no sorrir, o coração pode estar triste. A experiência precisa ser interna de depender de Deus. A alegria é fruto da dependência de Deus, aquele que depende de Deus traz o júbilo de Deus.

A alegria é o sentido da eternidade, uma alegria que depende somente de Deus. Eu dependo em todas as coisas de Deus. Se você não depende, você não vai sair da tristeza que tem reinado em seu coração, você vai permanecer nas cadeias de mortes que foram construídas ao longo de sua história na busca vazia de si mesmo; seja na vocação ou em qualquer realidade. Muitos perdem a vocação por não fazerem a experiência de depender de Deus.

"Consuma tempo no amor, nada é perca de tempo no coração que ama", exorta padre Eliano
Foto: Regiane Calixto

A dependência de Deus nos faz ver além, nos amadurece de tal forma que nos sentimos livres. Você só respira porque a graça de Deus lhe permite isso, é o dom da vida, sopro de vida que nos move.

O que é externo não pode matar o que é de Deus em nós. As dificuldades e sofrimentos são pobres diante da alegria divina. Dê um passo diante do Deus maior. Não há como fazer a experiência da alegria divina se não permanecemos no amor.

Tudo aquilo que não é amor e você tem dado espaço em seu coração não faz parte da alegria Divina, então não pode ser mais a motivação para você. Eis que o que era velho passou e tudo se faz novo.

Ao enfrentar as situações difíceis da vida se a pessoa centraliza na situação em si, não tem força para dar uma reposta diferente diante do fato. Quanto mais ela sofre, mais atualiza a dor, mergulha na dor, e vai ficando sem força para enfrentar a situação. Só enfrentamos essa realidade quando em nosso coração é atualizado a presença Divina. As pessoas esquecem-se disso e caem na ingratidão com Deus, esquecem do que Deus é e do que Deus fez.

A que você tem dado importância? Para coisas breves? Se assim for sua alegria será passageira, nunca será eterna, porque falta sentido de eternidade. Eternidade é para quem quer viver o presente com amor, pois quem não ama a vida presente não quer a vida para sempre; é uma existência que vai apodrecer no túmulo.

A nossa existência não é vazia, tem sentido, tem raiz em Jesus Cristo, pois Ele disse: “onde Eu estiver vós também estareis”. Esse lugar já foi alcançado, viva com seu olhar para eternidade, e não como alguém perdido. É em Deus que o homem deve por sua alegria acima de qualquer outro bem.

“Ao ouvir esse tumulto, minhas entranhas comoveram-se; ao seu ruído meus lábios tremeram; a cárie penetra nos meus ossos, e meus passos vacilam debaixo de mim. Esperarei em silêncio o dia da aflição, que se há de levantar sobre o povo que nos oprime, porque então a figueira não brotará, nulo será o produto das vinhas, faltará o fruto da oliveira, e os campos não darão de comer. Não haverá mais ovelhas no aprisco, nem gado nos estábulos. Eu, porém, regozijar-me-ei no Senhor. Encontrarei minha alegria no Deus de minha salvação. Javé, meu Senhor, é minha força; ele torna meus pés ágeis como os da corça, e me faz andar sobre os cimos. Ao mestre do canto. Para instrumentos de corda” (Habacuc 3, 16-19).

Quem tem a alegria presa nas coisas que passam, não suporta as angústias da vida terrestre. Você acha que uma pessoa que não depende de Deus fará uma oração como essa?

Não perca tempo de amar, valorize o que Deus te deu, não espere perder para valorizar o que Deus lhe deu. Deus nos perdoa sempre, mas a vida não nos perdoa, porque colhemos as consequências de nossas escolhas. Deus é amor, Ele não nos castiga, mas nós nos castigamos quando não vivemos o amor. Se nós não permanecemos no amor não encontramos a verdadeira alegria.

"Quem tem a alegria presa nas coisas que passam, não suporta as angústias da vida terrestre", diz padre Eliano
Foto: Regiane Calixto


“Somos julgados tristes, nós que estamos sempre contentes; indigentes, porém enriquecendo a muitos; sem posses, nós que tudo possuímos!”
(II Coríntios 6, 10). É assim que nós enfrentamos as tribulações. Nada é maior que a alegria em Cristo. Identifique o que tem estado no ponto mais alto de sua vida. Você tem adorado a Deus?

“Tenho grande confiança em vós. Grande é o motivo de me gloriar de vós. Estou cheio de consolação, transbordo de gozo em todas as nossas tribulações” (II Coríntios 7,40). Parece utopia, como alguém pode transbordar de dor na tribulação? Porque a tribulação não é maior que a alegria em Deus. Essa alegria baseia-se na expectativa da salvação, mas é preciso ter uma profunda união com Cristo no amor.

Qual a qualidade de seu presente? De suas ações? De suas palavras? De seus relacionamentos? É um relacionamento que tem qualidade de eternidade? Você dá qualidade as suas palavras? As pessoas têm júbilo interior de estarem na sua presença?

Não espere eternidade para depois da morte, pois ela só terá sentido se você deu qualidade para a vida hoje. É hoje que sua vida tem que cantar o canto mais belo. É preciso crer na vida antes da morte, para esperar a vida depois da morte. Deus cria para a vida, porque Deus cria por amor. Se a lógica do amor não nos governa não experimentamos alegria e sim corrupção.

A visão de Deus transforma o homem, nos elava a qualidade verdadeira de nossa vida. O olhar de Deus nos penetra concede-nos uma visão perfeita da nossa condição de filho. A vida é o próprio Deus com amor. Dê uma resposta de eternidade a sua vida, para que quando as pessoas te olharem elas digam: “ali vem um filho do céu”, e não um filho do inferno.

A comunhão eterna se faz na dimensão fraterna. A eternidade valoriza o tempo, faz com que nossas ocupações humanas não sejam banais, na dimensão da eternidade todas as coisas são acompanhadas de esperança. A vida não permite ensaio, é única, quando a cortina se fechar, ou seja, a morte chegar, o espetáculo da vida terrena acabou. Viver é uma questão de urgência, não tem como ir ensaiando uma vida de sacerdócio, o tempo passa e não volta. Eu preciso ser inteiro naquilo que eu vivo e acredito. Aquilo que celebro determina aquilo que eu sou, é ali que eu construo. Eu preciso renunciar ao hábito de dar peso de pessimismo na minha vida.

Ganhe tempo amando, consuma tempo no amor, nada é perca de tempo no coração que ama.

”Contudo, não vos alegreis porque os espíritos vos estão sujeitos, mas alegrai-vos de que os vossos nomes estejam escritos nos céus” (Lucas 10,20).

Seja alguém que não tem uma alegria que dependa das situações da vida para ser alegre, dependa de Deus. A felicidade não depende daquilo que falta, depende do bom uso daquilo que se tem.

A mãe de Madre Teresa disse para ela: “Segure a mão de Jesus e caminhe sozinha com Ele, pois se olhares para trás irás voltar”. Siga em frente com Jesus para a eternidade sem olhar para trás.

Transcrição: Willieny Isaias


Veja também:

:: Blog do padre Eliano
:: Conheça a Fraternidade Servos de Jesus Salvador
:: Divulgue sua paróquia na Canção Nova
:: Conheça o conteúdo Canção Nova disponível no iPhone

:: Faça parte do grupo "Eu acesso o cancaonova.com"
:: Escolha um canal e acompanhe a CN on line



ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186 2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo