A fascinante morte de Jesus

.: Assista ou ouça essa pregação, na íntegra

Durante as três horas em que Jesus estava na cruz pronuncia sete frases que resumem a Sua vida, convido a todos vocês a fazer esta peregrinação e a escutar da boca de Jesus estas palavras.

Em Marcos 15,33-34 encontramos a primeira palavra de Jesus, neste momento os evangelistas Mateus e Marcos partilham conosco a palavra impressionante de Jesus, começamos falando da parte dramática desta palavra, Jesus foi abandonado por seus amigos, Judas o trai, Pedro o negou, Jesus fica sozinho diante das autoridades romanas, e dentro de Si Jesus sabe que ainda tem o Pai, mas no dia seguinte, Jesus experimenta o abandono do Pai, aquele que disse que Ele era o Filho Amado. Esta palavra no texto original grego é muito mais forte, porque diz assim “Deus, até quando vai me abandonar, porque está em silêncio, parece um silêncio de cumplicidade com meus inimigos, porque passa o tempo e você não me responde?”

Quem de vocês tem experimentado o abandono de Deus? Você que chora, clama, grita e se sente sozinho, e ainda se sente como se fosse uma traição de Deus, porque não cumpre Suas promessas. Para entender o que Jesus estava sentindo é preciso entender que Jesus, na cruz, estava pagando por todos os nossos pecados, e Jesus \”feito pecado\” sente aquilo que o pecador deve sentir diante de Deus, pois quando o pecador vai até o pecado, Deus o deixa só para que ele resolva o seu pecado, e a isso se chama abandono de Deus. Então, Jesus sente o abandono de Deus pelos pecadores, que era o nosso abandono. Esta palavra é dramática, mas devemos pensar que o abandono que Jesus sentia, era o nosso abandono, e escutando esta Palavra devemos agradecer a Jesus, porque Ele se fez pecado até o ponto de sentir o abandono que era para nós sentirmos.

A segunda palavra de Jesus é de Lucas 23, 34, quando Jesus levanta os olhos para o céu para olhar para o seu Pai. Jesus está intercedendo por aqueles que tramam a Sua morte e pede perdão para eles. Agora, Jesus fala ao seu Pai, Ele tem a confiança plena em seu Pai. Deus está escutando a oração de Jesus, a oração que Jesus fez por você Deus escutou. E diante disso, lhe pergunto: Você merece um castigo pelos seus pecados? Vou dizer especialmente para você que acha que merece um castigo pelos seus pecados, Jesus pediu perdão por você na cruz, e o Pai escutou. Jesus pagou por você e Deus o perdoou. Você é livre da condenação.

Terceira palavra: Jesus está na cruz e do lado d\’Ele há ladrões também crucificados, então Jesus responde a um deles que está à sua direita: “Em verdade te digo hoje estarás comigo no paraíso”, com esta palavra Jesus está se comprometendo, e o compromisso é também para hoje. O ladrão pediu somente para ser lembrado e Jesus não lhe deu o que ele pediu, deu muito mais, deu muito mais! O presente de Jesus é que, naquele mesmo dia, o ladrão estará com Ele, a coisa maior é esta: Estar em Jesus, ser parte do corpo de Cristo. Irmãos, não peçam coisas pequenas, mas coisas grandes, e a coisa maior que há no mundo é estar com Jesus.

Jesus está olhando de cima da cruz tudo o que está acontecendo, e vê também a sua Mãe e perto dela o discípulo amado, São João. Jesus que estava falando ao Pai, agora fala à sua Mãe e aí vem a quarta palavra, preocupado com sua Mãe diz ao discípulo amado para cuidar da sua Mãe e é sempre esta interpretação que temos dessa passagem. Mas é João que precisa de ajuda, de cuidado, não é Maria que precisa de ajuda. A pessoa fraca é o discípulo, que é como nós, e diz à Maria para tomar o lugar d\’Ele e cuidar do seu discípulo, que agora somos nós.

Uma palavra majestosa e bela é: “Tenho sede”, esta á quinta palavra. Depois de carregar a cruz, ficar exposto por mais de horas na cruz, Jesus tem sede ou não? Mas para entender esta palavra temos de ir até o poço onde estava a samaritana, onde Jesus disse a ela que tinha sede. E a samaritana deu água a Ele ou não? Quando Jesus tinha sede no poço Jacó foi Ele que deu água à samaritana. Jesus tem sede de nos dar água viva. Jesus quer beber água? Água significa Espírito Santo no evangelho de São João. Jesus tem sede de nos dar Espírito Santo.

Jesus sente seus sinais vitais sendo perdidos, então, Ele diz: “Pai, nas Tuas mãos entrego o meu espírito”. O evangelista diz que Jesus deu um grande brado, foi forte este grito de Jesus, esta foi a sexta palavra, a segunda vez que Jesus grita na cruz é esta. O que significa um grito? Em grito significa que tenho toda certeza e segurança, Jesus não está derrotado na cruz, é Ele que diz que vai fazer uma viagem, que não tem retorno, que ninguém tem ido e regressado, é uma viagem somente de ida. Ele vai transitar pelas sombras da morte. E assim se entrega com confiança nas mãos do Pai. Ele não sabe o que vai acontecer neste caminho. \”Em três dias me prometeste que vai me ressuscitar, mas neste caminho Eu somente confio em Ti. Entrego minha vida em Tuas mãos, Pai. Confio sem reservas, sem restrições, tenho total confiança em ti, Pai, sobretudo, tenho confiança que Tu tens poder para me ressuscitar dos mortos, confio que a morte não é o último capítulo da vida humana, confio em Ti, Pai. Confiando em Ti, Pai, posso abrir os braços para a minha irmã morte, pois ela não é o fim, mas o início.\”

Jesus já falou com Deus, com seu Pai, com sua Mãe, e agora com quem Ele deve falar? Jesus quer falar Consigo mesmo, Ele quer dar a última palavra para Si mesmo, e Jesus pronuncia em voz baixa: “Tudo está consumado”, que é a sétima palavra do Senhor. Tudo está terminado, não faltou nada, realizei tudo plenamente, é o mesmo que dizer: Fiz tudo e não faltou nada. Jesus morre glorioso, vitorioso, Jesus triunfou na cruz. Somos mais que vencedores, e os vencedores estão em pé no pódio.

Transcrição Ana Paula Rosa
Fotos: Anderson Nunes
Edição de Áudio: Fernando Fantini


Prado Flores


Fundador e presidente Internacional da Escola Santo André

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo