A fé constrói a qualidade de vida

Padre Adriano Zandoná
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

Meus amigos, estamos no Acampamento Clamando por Milagres, porém para que estes aconteçam em nossa vida, é necessário que fazemos uso de um precioso combustível que é a fé, sem ela ninguém pode agradar a Deus, ora, sem fé não alcançamos milagres.

Todas as barreiras que nos impedem de chegar até Deus são derrubadas pela fé, porém, é necessário que entremos no caminho de santidade rumo ao Senhor. E certamente em nossa vida, na caminhada diária existem muitas situações que precisamos da fé para nos mantermos de pé, pois não nos faltam ocasiões de sofrimentos e dores, que são superadas pela força da fé.

A fé é portanto uma necessidade para nossa qualidade de vida, quando nos lançamos mão dela, sabemos onde podemos confiar. Podemos defini-la como São Paulo nos ensinou na carta de São Paulo aos Hebreus (Hb 11,1): “A fé é a certeza daquilo que ainda se espera, a demonstração de realidades que não se vêem.”

Porém, não podemos reduzi-la apenas aos sentimentos, emoções, lágrimas, a fé é uma decisão, diante principalmente daquelas situações que querem nos fazer desistir. Quem tem fé não desisti diante do primeiro obstáculo, não se deixa escravizar por qualquer coisa.

Afirma o Catecismo da Igreja Católica no parágrafo 155 que: “Na fé, a inteligência e a vontade humanas cooperam com a graça divina: Credere est actus intellectus assentientis veritati divinae ex imperio voluntatis a Deo motae per gratiam – Crer é um ato da inteligência que assente à verdade divina a mando da vontade movida por Deus através da graça"

Meus irmãos precisamos gerir os obstáculos do nosso dia a dia, e avançarmos a luz da fé. Para isso, a Palavra de Deus nos oferece alguns itinerários seguros, um destes está no Salmo (55) que diz:

"A fé é uma necessidade para nós", afirma o padre Adriano Zandoná
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

Veja + fotos no Flickr

“Ó Deus, escuta a minha oração, não rejeites minha súplica; presta-me atenção e atende-me. Estou ansioso na minha tristeza e me perturbo pelo grito do inimigo, pelo clamor do malvado. Pois sobre mim fazem cair desgraças, me perseguem com furor. Meu coração treme no meu peito e terrores mortais se abateram sobre mim. Temor e tremor me invadem e me oprime o horror. Então digo: Ah! Se eu tivesse asas como a pomba para voar em busca de descanso! Fugiria para longe, iria morar no deserto, buscaria um lugar de refúgio, protegido da fúria do vento, longe de qualquer tempestade… Eu invoco a Deus e o Senhor me salva. De tarde, de manhã e ao meio-dia lamento-me e suspiro, e ele escuta minha voz; vai me dar a paz, livrando-me dos que me combatem: pois meus adversários são tantos!… Entrega ao Senhor tua ansiedade e ele te dará apoio, nunca permitirá que vacile o justo”.

Quantas vezes diante das dificuldades, das ansiedades, queremos fazer como o salmista arrumar asas para voamos para longe, mas o próprio Salmo nos ensina que Ele cuidará de nós, se entregarmos ao Senhor todos os nosso problemas.

Meus irmãos, o sentido da nossa vida é o amor, e quando nos colocamos neste itinerário, por fé, somos capazes de vencer tudo, enxergamos as portas abertas diante dos fracassos, não paramos neles, mas avançamos por fé, certos que o Senhor tem o melhor para nós, e assim, as tragédias que acontecem em nossa vida são transformadas em beleza.

Precisamos da fé para não nos tornarmos escravos dos problemas, portanto, irmãos, “entrega ao Senhor tua ansiedade e ele te dará apoio, nunca permitirá que vacile o justo (Sl 55, 23)”. Tenha fé, e não tenha medo de dar passos rumo sempre ao Senhor.

Deus nos abençoe.

Transcrição e adaptação: Ricardo Gaiotti

Assista um trecho desta palestra

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo