A força do Sacramento do Matrimônio


Ironi Spuldaro participa do Kairós, na Canção Nova, no Centro de Evangelização Dom João Hipólito de Morais, na sede da Comunidade, em Cachoeira Paulista/SP.
Na segunda parte da manhã deste domingo fez pregação falando da força do Sacramento do Matrimônio. Confira abaixo.


.: Assista um trecho desta pregação

(Evangelho de São João capítulo 15, versículos 1-8). Todos nós passaremos por provações, dando fruto ou não, para que dê mais fruto.
Quanto mais você é provado, perseguido, agradeça a Deus porque você vai produzir mais frutos, frutos melhores.

Eu percebo que todos que estão na vinha do Senhor passam por perseguições e para permanecer firme é preciso estar unido a Deus pelos Sacramentos.
Muita gente não está mais dando importância ao sacramento do Matrimônio, por isso hoje eu digo a você: assuma o seu Matrimônio a qualquer custo! Porque aí está a graça de Deus.
Se os homens e mulheres soubessem a graça que existe no Matrimônio… A minha conversão se concretizou com a cura milagrosa da minha esposa. Hoje estou na missão porque tenho uma esposa santa, porque tenho filhos que aceitam a minha missão.

Se você é casado, a sua força está no sacramento do Matrimônio. Muitos homens acham que por serem homens não precisam ir para a Igreja. Você, homem, precisa ser como São José, precisa fazer sua casa ser santa. O mundo precisa de homens santos para que seja santificado. A santidade do SIM de Maria se realizou com o sim de José.

Quando falamos a verdade que vem de Deus nada pode nos barrar, mas há muita mentira no Matrimônio. E aí tem sido a entrada da crise no matrimônio.

O mundo está em crise, a família está em crise, a natureza está em crise… esta é a palavra do momento.
Os estudiosos dizem que daqui a cinqüenta anos, as catástrofes serão muito grandes. Tudo isto porque estamos como \’galhos fora da árvore\’, deixamos de lado os instrumentos poderosos que Deus deixou para nós, por isso estamos como galhos secos.

Tudo tem jeito na vida, basta que estejamos ligados ao Senhor.
“Estando Jesus em viagem, entrou numa aldeia, onde uma mulher, chamada Marta, o recebeu em sua casa.” (Evangelho de São Lucas capítulo 10,versículo 38)
Hoje é domingo, dia do Senhor, e quantos estão preocupados com tantas coisas em casa e preferiram nem ir à missa. Mas eu te digo: vá à missa e o seu matrimônio será salvo, diga como Josué: “Eu e minha casa serviremos ao Senhor”.

Os sacramentos são essenciais para a vida do cristão. Você pode ter todas as riquezas do mundo, mas se não estiver em dia com os sacramentos, você é alguém sem paz, sem vida, sem alegria, sem condição de crescer. E lembre-se: todo aquele que vive intimamente ligado a Deus não pode esquecer de amar ao próximo sem esperar ser amado. Amar até os próprios inimigos, até ser capaz de dar a própria vida – este é o exemplo de Jesus Cristo.

(Evangelho de Lucas capítulo 11, versículos 32-44) Há coisas que nós precisamos fazer. Jesus ordenou: “Tirai a pedra”.
Tirar a pedra é mais fácil do que mandar um morto se levantar, é algo que nós podemos fazer, não é tarefa de Deus. Nós trazemos pedras que tapam sepulcros dentro de nós: vícios, idolatrias, injustiças que causam o mal cheiro da vida longe dos sacramentos. Se tivermos coragem de tirar as pedras de dentro de nós, Ele nos dirá: “Vem para fora!” e nós sairemos.

Depois deste Kairós muitas pessoas sairão do sepulcro, mas ainda com um semblante de homem velho, atadas ao passado.
Tirar as faixas também não é função de Jesus. Estar em dia com os sacramentos é tirar todas as faixas que nos aprisionam ao homem velho, é anuncia-Lo a todas pessoas, mesmo aos que se encontram nos sepulcros. Esta é a missão de todo batizado, de todos que se alimentam de Jesus Sacramentado, que recebeu o Sacramento da Ordem ou do Matrimônio.

.: Ouça trecho da oração de Ironi Spuldaro, após esta pregação

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo