A graça de reinflamar os carismas

Padre Edimilson Lopes
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

O Senhor já está realizando um novo Pentecostes no nosso meio!

Convido você a acompanhar comigo esta leitura que está em II Timóteo 1,1-7: "Paulo, apóstolo do Cristo Jesus pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que há no Cristo Jesus, a Timóteo, meu querido filho: graça, misericórdia e paz, da parte de Deus Pai e do Cristo Jesus, nosso Senhor! Dou graças a Deus — a quem sirvo com a consciência pura como aprendi de meus pais —, quando sem cessar, noite e dia, faço menção de ti em minhas orações.Lembrando-me de tuas lágrimas, sinto grande desejo de rever-te e, assim, encher-me de alegria. Recordo-me também da fé sincera que há em ti, fé que habitou, primeiro, em tua avó Loide e em tua mãe Eunice, e que certamente habita também em ti. Por isso, quero exortar-te a reavivar o carisma que Deus te concedeu pela imposição de minhas mãos. Pois Deus não nos deu um espírito de covardia, mas de força, de amor e de moderação."

Monsenhor Jonas Abib, no ano de 1985, viajou o Brasil inteiro pregando a Palavra de Deus, o batismo no Espírito Santo. Ainda nos dias de hoje é preciso se utilizar de todos os meios para conservar esta chama acesa.

Os pregadores já falaram sobre o que Deus está fazendo e irá fazer neste tempo em Sua Igreja; e isso nos compromete. Por isso não dá mais para voltar. Agora é hora de você se alistar neste poderoso exército de Deus dos últimos tempos.

Deus não nos deu um espírito de timidez, de vergonha, de medo. Ao contário, o Altíssimo nos deu um espírito de ousadia e destemor. Por esse motivo, a Igreja, junto com o Papa Bento XVII, conta com você neste tempo da história. Nós estamos caminhando para tempos difíceis, razão pela qual nós, Igreja, precisamos clamar aos céus: Maranatha!, Vem, Senhor Jesus! Esse precisa ser o nosso clamor, precisamos apressar a vinda do Senhor.

A Igreja está passando por um tempo de perseguição e a nossa oração tem a força e a eficácia de Deus para vencer as coisas deste mundo.

 

"Só é possível haver mudança a partir da graça do batismo do Espírito Santo!", afirma padre Edimilson
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

  : Veja + fotos no Flickr
:: Comente as fotos no Facebook

 

Precisamos viver diariamente este Pentecostes. Não tenha medo de deixar fluir o Espírito Santo em seu coração. Portanto, nada mais de timidez, onde você estiver, você precisa fazer acontecer esta graça. Ou somos carismáticos ou falimos em nossa missão!

Nós não podemos ser aqueles carismáticos que oram de vez em quando em línguas e se sentem os bambambãs.

Precisamos ser ousados e ter a coragem de proclamar o poder de Deus às nações! Não tenha medo de levar as pessoas ao batismo do Espírito Santo!
Não negligencie a graça do Espírito Santo que está em você.

Só é possível haver mudança a partir da graça do batismo do Espírito Santo!

Reinflama o carisma de Deus que está em seu interior! Deixe o Senhor acender a chama que está em seu coração e não se apagou! No livro "Reinflama o Carisma", de Monsenhor Jonas Abib, ele afirma: “Estamos vivendo o tempo do Espírito Santo e do testemunho, a Igreja conta com você. Você precisa ser um homem e uma mulher carismático”. O nosso ser carismático está vinculado a uma vida de santidade, a um comprometimento com Deus diariamente, 24 horas por dia.

"O nosso ser carismático está vinculado a uma vida de santidade", ressalta padre Edimilson
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

 

Ser carismático não é apenas orar em línguas não! Vai muito além. Veja o que São Paulo disse na Segunda Carta aos Coríntios, capítulo 14:1-5, 13-16 “Empenhai-vos pelo amor e aspirai aos dons do Espírito, principalmente à profecia. Pois aquele que fala em línguas não fala aos homens, mas a Deus; ninguém o entende, pois ele fala, em êxtase espiritual, coisas misteriosas. Mas aquele que profetiza fala aos homens, edificando, exortando, confortando. Aquele que fala em línguas edifica a si mesmo, porém o que profetiza edifica a Igreja. Desejo que vós todos faleis em línguas; desejo ainda mais: que todos profetizeis. O que profetiza é maior do que aquele que fala em línguas, a menos que este também interprete e, assim, edifique a Igreja. Por isso, quem fala em línguas ore para poder interpretar. Pois, se eu oro em línguas, é o meu espírito que faz oração, mas a minha mente não participa. Então, o que concluir? Vou orar com meu espírito, e orar também com minha mente; cantarei com meu espírito e cantarei também com minha mente”.

Infelizmente, não é tão comum a profecia em nossos grupos de oração. A oração em línguas é para a sua edificação pessoal. Não tenha medo de deixar que o Espírito Santo o edifique. Aceite esta ação de Deus em sua vida! Não omita a graça que você recebeu do Todo-poderoso, não frustre os desígnios de Deus Pai a seu respeito!

O tempo de Deus é agora! Abra-se à ação do Espírito Santo! Não se contente com o que você já recebeu. Queira mais essa graça, peça-a e se abra sempre mais e mais à ação do Espírito Santo em sua vida!

Transcrição e adaptação: Mariana Lazarin Gabriel

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo