A Igreja está nos convocando para injetar valores na juventude

Dunga
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

A Palavra de Deus é viva e eficaz. Basta que tenhamos um contato com ela para que tenhamos a nossa vida transformada.

Por que estamos aqui hoje? Porque estamos endividados. O Papa Francisco veio ao Brasil, reuniu mais de 3 milhões de pessoas, falou com todo o mundo, emocionou a muitos, deixou seguranças loucos, esteve no meio do povo, tomou chimarrão e o Brasil parou para ver este homem. Toda a mídia mundial parou para ouvi-lo. Até nossos irmãos separados, os evangélicos, perceberam que o discurso dele era outro, não era de exclusão.

Ele veio para falar à juventude do Brasil e do mundo, e as pessoas nunca viram isso no Brasil. O Rio de Janeiro respirou paz, alegria e felicidade. No carnaval deste ano nós vimos a quantidade de lixo nas ruas da cidade, mas na JMJ os garis não puderam fazer greve, porque disseram ''este povo é civilizado demais''.

Mas um encontro como este teve muitos custos, pois nós não sabíamos o quanto ele custaria, e ficou uma dívida. Nós brasileiros somos educados e generosos, mas não fomos educados para fazer doações. Nós estamos num momento único no qual a CNBB e a Arquidiocese do Rio de Janeiro estão estendendo as mãos para nós e nos pedindo socorro.

Nós vivemos uma crise de valores no mundo de hoje. E o que a Igreja proporcionou para estes jovens, em termos de valores cristãos, não tem preço. Num mundo em que os valores do inferno querem prevalecer sobre os valores do Evangelho, quanto custam os valores passados pela JMJ? Isso não tem preço.

“Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e já vencestes o maligno” (Jo 2, 14).

”Nós nos tornamos gente do bem numa sociedade que está adoecida”, recorda Dunga

(Clique aque e faça a sua doação)

Se você está aqui é porque você é aquele jovem que guardou a Palavra de Deus, porque ela permaneceu em você. Eu ouvi a Palavra de Deus aos 18 anos, hoje estou com 50 e posso dizer que ela [Palavra de Deus] permaneceu em mim. Todos os adultos que estão aqui são aqueles jovens que, um dia, acolheram a Palavra. Você, ao ir à Santa Missa, teve contato com a Palavra de Deus e ela foi entrando em você. Para você chegar aonde você chegou a Palavra de Deus precisou ser anunciada e, junto com ela, permaneceram os valores cristãos, éticos e morais.

Querem falir o Brasil. Algumas pessoas, porque renunciaram a estes valores, querem fazer com que nós vivamos sem fidelidade. Olha como é importante evangelizar os jovens para que os valores, que nós temos como sagrados, permaneçam para os adultos do futuro. Como imaginar os jovens sem estes valores?

Quando o chefe da nossa Igreja reúne a quantidade de jovens que nós vimos na JMJ, nós sonhamos com uma sociedade de valores no futuro. Nós nos tornamos gente do bem numa sociedade que está adoecida. Eu estou falando para este grupo de pessoas que são católicos: a Igreja está nos convocando, a Igreja está endividada porque nos proporcionou um retiro, um evento que injetou valores nesta juventude. Nós precisamos retribuir essa graça com o nosso pouco por tudo aquilo que recebemos e que não pode ser medido em valores financeiros.

Peregrinos no ''Doe de Coração''

:: Veja mais fotos no Flickr

O jovem que participou da JMJ está agindo de forma diferente, está dando uma resposta diferente, ele tem no "arquivo" dele a Palavra de Deus. Mesmo que ele ainda esteja nas drogas, mesmo que ele ainda não esteja totalmente na Igreja, mesmo que as coisas do mundo ainda estejam nele, o que foi semeado durante a JMJ está lá, permanecerá dentro dele; e um dia esta semente vai surgir com força.

Não importa quanto tempo você ainda tem para viver, é importante você caminhar, porque você continua sendo aquele jovem a quem Deus diz: “jovens, sois forte e vencestes o maligno”.

Para que a Igreja continue a semear a Palavra de Deus nestes jovens a gente pede: ajude a Arquidiocese do RJ a saldar as dívidas geradas com a realização da JMJ. Eu não sou da arquidiocese, mas eu seria hipócrita se eu não ajudasse esta Igreja particular por tudo aquilo que a gente viu de esforços para a realização desse evento.

O milagre da multiplicação dos peixes e dos pães pode acontecer novamente, mas assim como aquele jovem colocou nas mãos de Jesus aqueles peixes, nós precisamos colocar a matéria nas mãos de Jesus para que Ele continue a realizar o milagre da multiplicação. Juntos podemos mais!

Transcrição e adaptação: Daniel Machado

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo