A luz de Cristo transfigurado

Dom Benedito Beni, bispo de Lorena (SP), presidiu a Missa de encerramento do 19º AVIV, na Canção Nova, neste domingo. No dia em que celebramos a Transfiguração de Jesus, Dom Beni falou aos milhares de vicentinos sobre as crises que Jesus viveu no tempo de seu ministério, e que Ele é a luz que nos ilumina.


Durante o ministério público de Jesus, ocorreram duas crises. Uma foi quando Ele instituiu a Eucaristia e os discípulos O questionaram e O quiseram abandonar. Esta crise foi superada pela profissão de Pedro: \”A quem iremos, se só Tu tens palavras de vida eterna?\”. Pedro entendeu que aquelas palavras tinham força e poder.

A segunda crise foi quando Jesus anunciou o seu sofrimento. Os discípulos e o povo que O seguia imaginava que Ele era um \”messias político\”, e esta crise só foi superada quando Jesus levou três de seus discípulos ao Monte Tabor. Lá no Monte, os discípulos conheceram a face divina de Jesus. Ali, Deus falou \”Eis o meu Filho muito amado, em quem pus minha afeição\”. Ali, também, Jesus nos apresentou a vida eterna.

A vida eterna é lugar de perfeição, onde contemplamos a face de Deus.


São Pedro estava presente na transfiguração de Jesus e é Ele que nos diz na segunda leitura que Jesus Cristo é a luz que nos ilumina, mesmo que vivamos em meio às trevas, nas tribulações, nos sofrimentos.

Todos que ajudam os pobres são convidados a levar a eles a confiança de Jesus Cristo.

Transcrição: Elcka Torres
Fotos: Maurício Rebouças


Dom Benedito Beni


Bispo emérito da diocese de Lorena (SP)

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo