A paz, conquista do alto!

Padre Márlon Múcio
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

"Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo" (Mat 6,33).

O que é a vida? Para mim, a vida é uma alta montanha, na verdade, muitas montanhas. No alto das montanhas está a paz. Nos dias de hoje, ter uma família já é uma graça; agora, ter a família no caminho de Deus já é outra graça.

A paz está no alto, porque é lá que está Jesus. Quando você está com Ele, você tem a paz do alto, a paz de que precisa. As Escrituras Sagradas tratam as montanhas como o lugar em que Jesus habitava. Montanha, na Bíblia, é um lugar teológico, lugar que Jesus fazia Sua morada.

Aquilo que o derruba, o vai tornando cada vez menor; no entanto, os desafios do cotidiano não são para nos derrubar, e sim para nos motivar!

O alpinista, aquele que escala montanhas, ao se tornar praticante dessa atividade lhe são apresentadas quatro exigências, e se ele não as segue não chega a lugar algum:

1° Que ele tenha boa saúde;
2º Um equipamento adequado;
3º Uma técnica de progressão;
4º Um guia especializado em subida.

Muito bem, ter boa saúde, sem ela, de fato, ninguém sobe! Você sabe qual é a boa saúde? É a saúde interior, a saúde da alma, a paz. Quando você vê uma pessoa sem alma, ela está enferma, está padecendo. A paz é a grande saúde!

Na Bíblia, a paz significa "shalom" uma palavra hebraica. Shalom é tudo de bom que se pode desejar a alguém, o entendimento que temos dela é muito pequeno, não significa apenas "águas tranquilas". Não! Isso não é paz. Paz, na Bíblia, é saúde, é felicidade. Quando Deus faz aliança com Seu povo, Ele deseja a este "shalom".

Nós, no começo da Renovação Carismática Católica (RCC), desejávamos a paz uns aos outros; precisamos resgatar isso.

Muitos foram curados de depressão, de câncer, pessoas que não podiam ficar de pé, que não podiam levantar os braços também foram curadas. Isso é paz, é tudo de tudo! O Senhor está abençoando as ruas, o local de trabalho; o Senhor está curando pessoas que não tinham a paz, pessoas que tinham em suas casas o conforto, mas estavam desconfortáveis.

A paz é a grande saúde!
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Você já encontrou, na prateleira da farmácia, remédio para paz? Não! Pois é, só Jesus que tem este remédio. Você já descobriu que, para subir a montanha, você precisa de saúde, você precisa ir à Missa para adquirir saúde. Fazer o bem faz bem!

Nós somos os "alpinistas de Cristo"; por isso também precisamos de um "equipamento apropriado" para isso. Qual é o nosso equipamento? Fé, esperança, caridade e os sacramentos. Quando você se confessa, Deus lhe concede o perdão de seus pecados. Aquele que for subir a montanha, deverá subir apenas com o necessário, o que nos pesa não é que o que está para fora, e sim o entulho que está em nosso interior. É preciso se desfazer de tudo aquilo que pesa em você. O pecado nos deixa pesados, então é preciso nos desfazermos dele!

Paz não se adquire em uma viagem, em um chá, paz se adquire em Deus!

Nós temos que desejar a paz do Senhor ao outro, a paz é o primeiro efeito de um relacionamento. A vivência da paz deve ser um estilo de vida, como nos ensinou o servo de Deus Paulo VI. A paz é um dom de Deus, quando você tem paz, é uma aderência. Se não ocorrer um "empurrão" de Deus, se Ele não nos chamar, nós não iremos a lugar algum.

A quinta exigência para o alpinista é ter um perito, um bom guia. Alguns guias para você [alpinista de Cristo]: Santa Terezinha, Pier Giorgio Frassati, Papa João Paulo II.

Quem recebe o anúncio do Evangelho é evangelizado! É preciso que cresçamos, que busquemos as coisas do alto. A santidade é a meta cristã, não deseje nada menos que o céu. Jesus é o Salvador e não há outro em Seu lugar!


Padre Márlon Múcio


Sacerdote da Comunidade Missão Sede Santos

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo