A Paz de Deus está sobre mim

Padre José Augusto
Foto: Wilson

É nesta liturgia que Deus nos dá a condução daquilo que Ele quer para nós neste ano.

Hoje é dia da Santa Mãe de Deus, a Nossa Senhora que trás Jesus nos braços. Hoje é o dia em que nós rezamos pela paz. Mas o que é a paz?

Como acontece todo ano, as pessoas nesta época vão para as lojas comprar roupas brancas porque querem começar o ano em paz, dizem que vestir branco trás paz para todo ano.

O que a Sagrada Escritura fala sobre essa paz que as pessoas tanto buscam?

A primeira leitura que está no livro de Números 6, 22-27 diz:
O Senhor disse a Moisés: “Dize a Aarão e seus filhos o seguinte: eis como abençoares os filhos de Israel: O Senhor te abençoe e te guarde! O Senhor te mostre a sua face e conceda-te sua graça! 26.O Senhor volva o seu rosto para ti e te dê a paz! E assim invocarão o meu nome sobre os filhos de Israel e eu os abençoarei”.

Na língua hebraica, a palavra shalom quer dizer paz. Mas na verdade a palavra shalom não quer dizer simplesmente paz, é muito mais que paz. Quando Deus diz para Moisés falar ao povo, Ele está dizendo: “que esse povo tenha segurança, saúde, que tenham contentamento, plenitude, sucesso”. Olha o que Deus está dizendo para nós no primeiro dia ano: que você tenha sucesso, plenitude.

Eu não estou falando da teologia da prosperidade, não é essa paz que Deus está dando. É a paz em meio ao conflito. Quando Deus diz shalom, que se tenha conforto, saúde segurança, é algo tão maravilhoso, que só pode vir d'Ele e de mais ninguém, nem de uma camisa branca, só pode vir d'Ele.

Essa é a compreensão que nós cristãos precisamos ter. A palavra bênção quer dizer isso: que a mão de Deus esteja sobre mim. Shalom, a mão de Deus sobre mim, sobre meus filhos, sobre minha casa. No primeiro dia do ano Deus está querendo dá para nós essa graça.

Essa paz que Deus quer nos dar caminha sobre o povo de Israel.

“O povo que andava em trevas, viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra da morte resplandeceu a luz” (Isaías 09, 02).

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Isaías 09, 02).

Essa criança que nos foi dada Isaías diz: é Ele o Senhor.

Padre José Augusto, membro da Comunidade Canção Nova
Foto: Wilson

Em Efésios São Paulo nos diz: “Ele é a nossa paz” (Efésios 2, 14).

Aquele Menino que está nos braços de Maria, Ele é paz que o mundo tanto quer e espera, é o grande shalom. Porque Ele é a nossa paz, expressa Paulo, fez de dois povos um povo só. Ele é a nossa paz. “Tu és Jesus a minha paz, a única paz”.

“Não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças. E a paz de Deus, que excede toda a inteligência, haverá de guardar vossos corações e vossos pensamentos, em Cristo Jesus” (Filipenses 4, 6).

Se você não se inquietar com nada, a paz que excede toda inteligência vai permanecer sobre você.

“Vai Arão, abençoa meu povo e minha face se voltará para ele, e eles irão receber o shalom”.

Se eu não permitir que a face de Deus se volte para mim, eu não terei paz. Mas a face de Deus já se voltou para nós, para que nada inquiete o nosso coração.

“Um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles, e tiveram grande temor” (Lucas 2,9). Quando os pastores viram a glória de Deus ficaram com medo, mas o anjo disse a eles que não ficassem com medo, pois ele trazia a boa nova.

“O anjo disse-lhes: Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo” (Lucas 2,10).

Na hora que os anjos cantaram Glória, os serafins desceram todos do céu naquele lugar para dizerem “glória a Deus nas alturas”, ali a paz começou a chegar.

“Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura”. (Lucas 2,16).

Os pastores depois de ouvirem o anjo foram correndo ao encontro do Menino, e saíram alegres anunciando o nascimento, foram em paz.

A paz não é alguém colocar a mão sobre sua cabeça e descer algo que te dê paz. Paz não é aquilo que se sente após usar droga. Essa não é a paz, a paz tem um nome Jesus Cristo. A verdadeira paz tem um nome.

Pastores corram e vocês verão o príncipe da paz, a paz não é um estado, é uma pessoa, é aquele que nós adoramos. Ele é a paz, não tem outra paz, é a única. Quando tomamos consciência de que temos essa paz nós ficamos seguros.

"Creia que a paz está do seu lado, não entre em desespero"
Foto: Wilson

A paz em Jesus Cristo não é uma paz sem conflito, é uma paz com conflito. Ele me envolve e me protege dentro dele. Pode acontecer o que for, mas estou em paz. Talvez possa acontecer coisas que você jamais poderia imaginar, mas creia que a paz está do seu lado, não entre em desespero.

Em 1996 eu fui para Bahia, era seminarista e estava com meus irmãos de Comunidade, mas o bispo que ia ordenar-me sacerdote disse que eu teria que ir para uma paróquia distante e sozinho. Fui e fiquei lá, foi um pouco sofrido porque eu não conhecia ninguém. Quando estava prestes para ser diácono, apareceu uma hérnia em mim, e fui ao médico e ele me disse que teria que operar naquela hora senão eu iria morrer. Estava sozinho, sem meus irmãos de Comunidade. E agora? Pedi para ir em casa pegar roupa, aproveitei e liguei para padre Jonas que me disse: “é providencia meu filho”. Eu estava sem segurança, era eu e o Príncipe da Paz.

Deitei na cama e fui levado. Estava rindo, mas com medo, será que eu volto? Quando eu cheguei na sala de cirurgia, não tinha anestesista, e o médico disse: você precisa acreditar em mim. E agora? Só sobrou eu e o príncipe da paz, mais uma vez. Eu estava numa situação difícil, o médico aplicou a anestesia, eu apaguei, quando voltei estava na cama.

O que estava em mim que me mantinha em paz, era a certeza que Deus estava comigo. Deu para entender o que significa a paz? É ter as situações difíceis, mas estar em paz. Aplique isso em sua vida.

Shalom significa conformidade com a vontade de Deus nas diversas situações que nos acontece. Eu não estou dizendo que 2009 será um ano de sacrifício, mas existe uma coisa na nossa vida que se chama cruz, por que ainda não estamos no céu, mas precisamos terminar o ano de 2009 em paz, porque o Shalom esteve conosco. Essa paz precisa permanecer dentro do nosso coração durante todo esse ano.

O príncipe da paz caminha com você e com os seus, não O abandone por nada, pois você irá experimentar uma paz que só Ele poderá lhe dar.

Transcrição e adaptação: Willieny Isaias


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE (12) 3186 2600


Padre José Augusto


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo