A plenitude da felicidade

Padre José Augusto
Foto: Clarissa Oliveira

No Monte Tabor aconteceu um fato extraordinário: os discípulos caminhavam com Jesus, mas estavam, na verdade, num processo de conhecimento desse 'tal' Jesus.

Devem ter levado uma hora ou mais para subirem ao Monte. Chegando lá, viram uma coisa meio diferente. Aquele homem, que havia transformado a água em vinho, que andou sobre as águas, passou por um processo de transformação.

O Evangelho diz que a roupa de Jesus ficou tão branca que nenhuma lavadeira conseguiria colocá-la daquele jeito.
Ele passou por uma transformação tão grande e profunda que os discípulos não sabiam o que fazer. Eles viram a Glória de Deus.

Que nome daríamos a essa experiência? Eles chegaram à plenitude da felicidade naquele momento. Felicidade essa que você está se preparando para experimentar um dia.

O que Deus quer da nossa parte é que tenhamos um desejo por Ele. Um desejo de Deus. Nós precisamos desejá-Lo, porque n'Ele está a plenitude da nossa felicidade.

O que Moisés tinha como desejo no coração era ver a Glória de Deus que Pedro, Tiago e João viram no Tabor. Viram Deus como Ele é.

Por causa do pecado de Adão e Eva, perdemos a graça de ver a face de Deus, mas, quando Jesus veio à Terra, assumiu um corpo humano e morreu na cruz. Essa permissão é concedida novamente.

Se tem uma coisa que quero ver, é a face de Deus. Eu estou lutando, aqui na Terra, para isso.

A única forma de superarmos os nossos sofrimentos é sabendo que, um dia, nós veremos a Glória Divina.

Entendemos, então, o que São Paulo diz na carta aos Romanos: “Os sofrimentos do tempo presente não têm proporção com a glória que há de ser revelada em nós” (Rm 8,18).

Deus tem preparado para nós a Sua Glória. Não dá para expressar em palavras, mas Ele tem algo maravilhoso pra nós. Por isso, precisamos perseverar e permanecer firmes nas tribulações.

Quando algum parente nosso morre, ele morre para ir para Glória de Deus.

Por isso, todos os dias, somos chamados a louvar e bendizer a Deus no sacrifício da Santa Missa, a rezar e ler a Sagrada Escritura. Toda essa vida que nós temos em Jesus Cristo tem por finalidade a Glória de Deus. É pra isso que somos chamados.

"O maior desejo que você precisa ter no coração é o desejo de Deus"
Foto: Clarissa Oliveira

Vai valer a pena. Persevere em Jesus Cristo.

Essa felicidade, que Ele tem preparado para nós, já nos apropriamos dela pela fé. Existe uma meta final. Hoje, muitos se preparam para o Carnaval, no qual dizem que são quatro dias de alegria. Eles estão pulando e sambando por causa de uma felicidade passageira. Depois da quarta-feira, tudo vai voltar ao normal.

Nós, aqui, estamos nos preparando para um dia pularmos, verdadeiramente, diante da face de Deus. Estamos nos preparando para viver a alegria que nunca vai acabar.

Há 22 anos estou nessa caminhada. Lá, não haverá choro nem tristeza. Toda lágrima será enxugada; haverá felicidade para sempre! Por isso a Igreja vive dizendo: "Vem Senhor Jesus! Maranathá! Vem Senhor Jesus manifestar a Sua Glória".

Precisamos ter, no coração, esse Deus todo dia ao levantar. O maior desejo que você precisa ter no coração é o desejo de Deus, porque quem tem Deus, tem tudo!
Imagine você ter o Deus do universo, o Rei, o criador de todas as coisas na sua vida?

Você tem todo o direito de desejar conhecer lugares, estudar… Mas o que você não pode perder é o desejo do Senhor em sua vida. Não deixe que esse mundo, com todas as coisas que ele oferece, venha tirar de você e do seu coração o desejo de Deus.

É para a Glória d'Ele que estamos nos preparando.

"Dai-nos a graça de experimentarmos a Sua Glória, o Seu amor, Senhor! O Senhor é digno de toda a honra e de toda a glória. 

Transcrição e adaptação: Nara Bessa


ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600


Padre José Augusto


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo