A regra do evangelizador é evangelizar amando

:: Leia a primeira leitura
:: Leia o Evangelho

Padre Aloísio
Foto: Wesley Almeida/ Foto CN
Nós estamos neste tempo tão bonito que fala de ressurreição. Tudo em nós precisa voltar-se para esse desejo. A Páscoa nos favorece e nos proporciona a experiência da vida nova que veio iluminar os corações a fim de que todos tenhamos paz.

A liturgia de hoje traz uma palavra muito importante para todos nós: em algum momento da nossa caminhada começamos a buscar o significado das coisas. A resposta de todos esses questionamentos você encontra na fé.

A fé é que nos dá a certeza do que Deus nos pede. Todos nós trazemos um desejo de entender, de ter clareza quanto às coisas das nossas vidas. Paulo era um homem que trazia esse profundo desejo: ele queria entender as realidades do Senhor.

Foi este apóstolo que trouxe à tona a lei de todo o evangelizador: testemunhar e seguir a Palavra. Não dá para ser evangelizador sem testemunhar e, muito menos, sem fazer, primeiro, a experiência da Palavra. Ela é o roteiro, o mapa que nos guiará.

O nosso mundo, hoje, carece de pessoas que deem o seu testemunho, que se comprometam com o que fazem. Se ele não existir, não haverá clareza para muitos que estão em busca de Jesus. O evangelizador precisa indicar quem é o Salvador e como as pessoas devem recorrer a Ele.

Responder e explicar quem é Cristo é a tarefa do servo de Deus. Mas não na teoria, e, sim, na prática. Evangelizar não é um peso, é uma arte. Na nossa casa, encontramos pessoas que precisam ser evangelizadas, logo, temos que começar a falar do Pai que está no céu.

"Isso é ser evangelizador! Você é chamado a oferecer o melhor que tem"
Foto: Wesley Almeida/ Foto CN

Se você não for um homem e uma mulher que vive no Sacramento, entretanto, não consegue evangelizar. Não adianta falar bonito! A evangelização implica na intimidade com Deus e, isso, só acontece quando rezamos.

Quando você se expõe demais ao sol, haverá um momento que não mais enxergará. Essa é a forma que também conhecemos Jesus: nos aproximamos, vamos conhecendo, mas chega um momento que parece ficar escuro. Isso não deve ser o que nos leva a desmotivação, mas o contrário, tem que ser o que nos motiva.

Precisamos buscá-lo e, encontrando-o, ter a preocupação de avisar os outros. Isso é ser evangelizador! Você é chamado a oferecer o melhor que tem e, o melhor que temos, é Deus! Se você, de fato, quer viver como um grande servo do Pai, aprenda a amar e dar-se ao próximo.

Transcrição e adaptação: Ariane Fonseca


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE (12) 3186 2600


Padre Aluísio Aleixo de Souza


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo