A salvação está em Cristo Jesus

Frei Josué
Foto: Lucilene Silva / Canção Nova

Nos chama a atenção na carta aos Hebreus, a resposta de devemos dar a Jesus Cristo. Ele fez a parte dele, nos reconciliou com o Pai. Precisamos ter essa certeza: Jesus nos salvou. É o que a Igreja chama de salvação objetiva.

O santo sacrifício de Jesus foi suficiente para redimir a humanidade.

Com o pecado original, houve o 'corte'. Mas com o santo sacrifício de Jesus, foi construída uma ponte, um caminho vivo. Agora nós temos acesso ao coração do Pai. Todos nós podemos voltar a Deus. Por isso Jesus disse: 'Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida.' cf. S.João 14,2

Jesus realizou a sua parte, a mais difícil, impossível para nós. Porém existe a nossa parte. Aí é que confundem: 'Mas Jesus não nos salvou?' Sim, mas cada um tem que caminhar livre e conscientemente por esse caminho que é Jesus. É a salvação subjetiva. É a nossa parte. Cada um de nós precisa cumprir.

'O Deus que te criou sem a tua permissão, não te salvará sem a tua colaboração', diz Santo Agostinho.

O Senhor quer todos nós juntos dEle.

Nós agora somos capacitados, cada um precisa se decidir. Esse caminho de salvação é feita em duas partes.

A primeira é a conversão. Converter-se, mudar de vida. Se eu vivo no pecado, ao encontrar com o Senhor, entendendo que Ele me ama e tem um plano para mim, dou uma meia-volta, um novo sentido, e não vivo mais longe dEle.. É buscar uma vida de oração, viver nos sacramentos, nas virtudes. Viver de esperança, sabendo em quem colocamos nossa confiança. Saber perseverar, esperar em Deus. Amar a Deus acima de tudo, e adorá-lo.

Jesus é o único Senhor e salvador.

Viva a vontade Dele, Sua palavra. Pratique a caridade, principalmente com os mais necessitados.

'Quando o Espirito Santo de Deus ora em você, você se abre a todos os dons'
Foto: Lucilene Silva / Canção Nova
+ fotos

A segunda parte é o processo de santificação. É o transformar-se à imagem e semelhança de Deus, nos configurando a Ele. E quem faz esse processo de santificação em nós principalmente é o Espirito Santo, com seus carismas, seus dons. Por isso que é importante se abrir ao 'batismo' no Espírito Santo.

A presença real de Jesus, por excelência, está na Santa Eucaristia. E o Espírito Santo onde está? Está aí na sua alma. Está dentro de nós. Somos templo do Espírito Santo. Ele vive dentro de nós!

Onde está o Espírito de Deus, está a liberdade. Quer ser livre? Se abra aos carismas!
Comece pelo dom de línguas. Quando você deixa o Espirito Santo de Deus orar em você, você se abre a todos os outros dons. cf. Rm 8,26

Exercite sua humildade, sua entrega, através desse dom. E então os outros dons virão.
Quanta coisa maravilhosa vai acontecer na sua vida.

Quem quer dar 'sim' a Deus, ao Espirito Santo? Deixa o Espirito Santo orar em você.

Volte ao primeiro amor, se reconcilie com Deus, deixe que esse processo de santificação tome de novo seu coração.

Precisamos voltar aos frutos do Espírito Santo – cf. Gl 5,22 – é preciso cultivar. Tudo começa muito simples. Quando você escuta de coração a Palavra de Deus, ela vai produzindo frutos de vida, e vida eterna. O demônio quer que você creia que é um derrotado, que não é capaz, que você não tem jeito, que você não vai mudar. Em nome de Jesus, levante! Tome uma decisão por Deus!

Quando a gente acende a luz, cadê as trevas? Quem é a luz do mundo? Jesus. Então volte á luz, volte a Jesus. Peça a Ele que o Espírito Santo que vive em ti, te encha, te renove, e você experimentará uma grande transformação.

Transcrição e adaptação: Nara Bessa

 


ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600


Frei Josué Pereira de Sousa


Ordem dos Frades menores conventuais da Província de Brasília

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo