A verdadeira felicidade está em Deus

Padre Roger Luís
Foto: Natalino Ueda/cancanova.com

A mensagem da primeira leitura é a esperança trazida pelo profeta Baruc àqueles que estavam sem esperança, vivendo no extremo do sofrimento. Muitas vezes, nos enganamos muito, pois queremos preencher, de qualquer forma, o vazio que existe em nós. No entanto, a felicidade do homem não está dentro dele, mas sim fora dele: a felicidade verdadeira do homem só pode ser vivida em Deus.

Muitos vão buscar a felicidade no dinheiro; na França, por exemplo, cerca de 10 mil jovens se suicidam por ano, por não suportarem o vazio dentro de si. O demônio quer nos afastar de Deus, pois ele bem sabe que a nossa plena felicidade está no Senhor.

Somos a raça escolhida por Deus e como escolhidos, mesmo em meio aos sofrimentos ou à inércia espiritual, precisamos ter fé, pois no Senhor encontramos a salvação. “Aquele é amigo torna-se inimigo de Deus”, é o que diz o apóstolo São Tiago. Você pode se questionar por que, mesmo sendo fiéis a Deus, vivemos tanto sofrimento. Santo Agostinho nos alerta sobre o fato de que a redundância da graça de Deus pode nos afastar d’Ele, por acharmos que, sendo d’Ele, estamos livres do pecado. Amados, o sofrimento nos aproxima de Deus quando somos totalmente dependentes d’Ele.

Na hora do sofrimento, muitos correm para Deus e é, por isso, que Ele permite tal sofrimento, pois deseja que todos experimentem a verdadeira salvação. Irmãos, os sofrimentos que vivemos não têm comparação com a glória que viveremos no céu!

Sejamos fiéis a Deus, pois as dificuldades nos purificam e nos fazem sair do fingimento, deixando-nos impotentes diante d’Aquele que criou todas as coisas. Irmãos, estejamos atentos, pois, de alguma forma, um dia, o esfriamento espiritual vem a nós. Nessas horas busquemos a adoração e os momentos de intimidade com Deus Pai.

"Você precisa amar e ter zelo por Jesus Cristo," padre Roger Luís
Foto: Natalino Ueda/cancanova.com

:: Veja as fotos no Facebook

Existe uma guerra espiritual acontecendo e nós, muitas vezes, nem ligamos para isso. Contudo, tudo isso nos vai tornando opositores de Deus. Amados, tudo acontece em meio à sutileza e, dessa forma, a nossa fé vai sendo minada.

Eu mesmo, desde a adolescência, gostava do rock, ouvia muito esse estilo musical, mas hoje eu não aguento nem mais ouvir! Mesmo conhecendo as letras das músicas internacionais, mesmo assim eu continuava ouvindo naquele tempo. Entenda que o mundo espiritual existe e que estamos nos acostumando com ele, tornando-nos pessoas alienadas, deixando para trás o fervor espiritual.

Deus tem para você a eterna alegria e Ele quer fazer de você a pessoa mais feliz da face da Terra! Coragem! Clame a Deus, pois Aquele que permitiu o sofrimento fará vir sobre você a alegria que não passa. A alegria do Senhor é a nossa força. Aqui, na Terra, nós não experimentamos a plena alegria; lá [céu] a dor e luto não existirão mais. O Deus dos cristãos é Aquele que morreu na cruz; se lhe apresentarem um outro [“deus”] não o aceite!

O Papa Francisco disse: “Quando nós não confessamos a Jesus Cristo, nós confessamos o mundanismo do diabo”, por isso, amados, não se apeguem às coisas deste mundo! Busquem as coisas do Alto!

Você precisa amar e ter zelo por Jesus Cristo, para que, se preciso for, você tenha a capacidade de doar a própria vida!

 

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo