A via do sangue de Cristo

Para alegria da Igreja do Céu, cremos profundamente no mistério da comunhão dos santos, em que a Igreja do Céu é comunhão da Igreja da terra.

 

Como é bom falar dos santos anjos e poder crer que temos um amigo que nos acompanha e que é nosso anjo guardião. Também para nos libertar de toda essa onda de falsa angelologia (Tratado acerca de anjos) que penetra no coração dos católicos, e que é vinda do esoterismo. Você encontra isso na mídia, na Rádio, TV, mas não são anjos de Deus, são chamados de cabalísticos, porque não são adoradores de Cristo.

 

São Miguel Arcanjo tem como centro Jesus Cristo. O centro de tudo tem de ser Ele, por isso nessa pregação quero lhes falar da necessidade que temos de adorar ao sangue de nosso Senhor Jesus Cristo.

 

Numa das imagens em que Jesus aparece crucificado, há uma linda pintura antiga que coloca em cada estigma de Jesus Cristo (nas mãos, no coração e nos pés) cinco anjos segurando cálices nas mãos, para que o sangue do Senhor caia dentro deles. Esses anjos adoram ao sangue de Nosso Senhor, há uma adoração do mundo angélico ao sangue d'Ele. Aliás, quero ensinar a vocês uma tradição puríssima da Igreja Católica que é chamada de via sangris. Esta via do sangue de Cristo é como a via sacra. Você adora o sangue do Senhor Jesus nas 7 aspersões do Santíssimo Sangue que saiu do corpo d'Ele.

 

1ª – A circuncisão de Jesus

2ª – A agonia do Senhor no Horto das Oliveiras

3ª – A flagelação

4ª – A coroação de espinhos

5ª – O caminho para o calvário

6ª – A crucificação

7ª – O coração d'Ele ferido pela lança do soldado romano

 

 Ouça: "Invoque o Sangue de Cristo"

 

Essa via nos leva a adorar o sangue do Senhor em cada momento da vida d'Ele. Ela termina na celebração da Santa Missa, no altar, quando o sacerdote levanta o cálice e nós erguemos nosso olhar, olhamos para o cálice e nele adoramos o santíssimo sangue de Jesus Cristo. Nesse momento, você vai invocando este sangue para a sua vida, sua família e para aqueles que estão enfermos. E o verdadeiro auge é a adoração ao sangue de Cristo em cada Missa celebrada.

 

Hoje, nós católicos estamos reaprendendo a idolatria que se deve dar ao sangue de Jesus Cristo presente na Santa Missa. Ao sangue que você comunga e que foi o preço, o fundamento, o auge da nossa salvação e que é adorado profundamente pelos anjos celestes.

 

Quando o sangue de Jesus sai do corpo d'Ele torna-se um sangue consagrado por amor porque é doado, derramado. Ele merece ser adorado não só por ser sangue divino, mas por ser derramado por nós, ele merece por nós católicos.

 

São Tomás de Aquino escreveu: "A carne do Senhor salva o nosso corpo e o seu sangue salva a nossa alma". O terror do inferno é o sangue de Cristo. Quando um exorcista tem esse ministério, ele invoca o sangue de Cristo. O que os demônios mais gostam de ver são sacrifícios humanos, em que eles podem ver o sangue das pessoas. Eles pedem sacrifícios, mas em toda história bíblica o sangue sempre foi sinônimo de vida, sinônimo de salvação para o mundo.

 

A Igreja Católica estende o seus braços para chamar seus filhos a adorar o sangue de Cristo presente nos sacramentos e no altar dizendo: "Comam e bebam, isto é o cálice do meu sangue que é derramado por todos para a remissão dos pecados".

 

O sangue de Cristo pertence à Igreja Católica porque quem o consagra é ela. A alegria profunda que temos no coração de pertencer a essa Igreja deve ser essa adoração.

Na Missa, o sacerdote levanta o cálice de Jesus e diz: "Esse é o Cordeiro que tira o pecado do mundo". Se os demônios não adoram o sangue de Cristo, a Igreja Católica o olha, o adora e o consagra. Não só isso, ela entrega este sangue como bebida para vocês.

 

 Ouça: "Ladainha do Sangue de Cristo"

 

Hoje, às vésperas do Dia de São Miguel Arcanjo, a grande alegria de sermos adoradores do sangue de Jesus, que tem um valor eterno, o sangue da nova e eterna aliança, que jorra do coração aberto do Senhor. Em união com o Arcanjo Miguel, adore e ame Jesus Cristo, invoque o sangue d'Ele sobre os seus filhos com toda a pureza da sua alma e todo o desejo de seu coração.

 

 

 

Transcrição: Michelle Mimoso

Fotos: Paulo Sérgio

Áudios: Tatiana Gomes

       

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo