A vitória pela santidade

Geraldo Fiuza
Foto: Wesley Almeida
Celebremos a vitória do Senhor na nossa vida, porque o Senhor é a vitória! Que nós possamos ter essa confiança de que Deus está cuidando de todas as coisas. Muitas vezes, achamos que a santidade está muito longe de nós, mas esse pensamento não está certo. O Catolicismo e tudo aquilo que a Igreja acredita, reza e celebra afirma que nos católicos fiéis precisamos estar em comunhão com aquilo que nos é ensinada por ela [Igreja].

O caminho da perfeição passa pela cruz, não existe santidade sem renúncia e sem combate espiritual. A Igreja nos ensina que santidade é luta, santidade não é uma vida sem problemas, não é a ausência de turbulências. O caminho da perfeição passa pela cruz. Aquele que vai subindo jamais cessa de progredir de começo em começo.

Jesus morreu e ressuscitou para nos dizer que Ele sabe o que nós sentimos quando passamos por dificuldades. Cristo sabe o que é ser abandonado pelas pessoas. O Senhor sabe o que é ser abandonado.

Será que 100% do nosso dia caminhamos com Jesus? Cristo sempre nos puxa para o caminho certo, porque Ele quer nos ver no caminho d'Ele, mas, muitas vezes, nós não conseguimos. Precisamos ser 100% fiéis e é por isso que Jesus está nos puxando.

O Senhor literalmente nos arrancou do pecado, isso é santidade. Por isso, santidade é luta diária, é PHN, uma santidade todos os dias. Se você cair, levante e comece de novo. Santidade não é não pecar; é toda vez que você pecar se arrepender, se confessar e voltar atrás, retornar para o caminho de Deus. Quando você se levanta isso é sinal de santidade. Santidade é estender a mão para ser ajudado todas as vezes que você cair. Deus nos deu irmãos e nós precisamos deles para ser ajudados quando cairmos. A santidade é um caminho longo e precisamos de muita gente para nos ajudar. Santidade não se vive sozinho; precisamos de alguém para nos ajudar.

O caminho da santidade, para todo o mundo, passa pela cruz e se não tivermos essa disposição de passar por ela não chegaremos à santidade. Junto com a bênção vem a cruz: quando o padre abençoa ele faz o sinal da cruz, por isso não existe bênção sem cruz, não há céu sem cruz. Não existe santidade sem renúncia e sem combate espiritual. Não se vai para o céu sem passar pela cruz. Santidade é lutar todos os dias. A todo o momento que você cair você deve se levantar.

“Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não pregamos nós em vosso nome, e não foi em vosso nome que expulsamos os demônios e fizemos muitos milagres? E, no entanto, eu lhes direi: Nunca vos conheci. Retirai-vos de mim, operários maus! Aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática é semelhante a um homem prudente, que edificou sua casa sobre a rocha” (Evangelho II Mateus 7-21-24).

"Com Deus você resolve tudo e se não resolver você aguenta, pois Ele está com você"
Foto: Wesley Almeida

Aquilo que você quer que os homens façam para você, faça igual a eles. É preciso pôr em prática o que Senhor nos ensina. É preciso que entendamos as coisas que nos aconteceram. A diferença está em quem construiu a casa e onde ela foi construída: sobre a rocha ou sobre a areia. São os mesmos problemas, nós precisamos construir a nossa casa sobre a rocha porque os problemas virão, as enchentes virão, os ventos virão e não vai adiantar reclamarmos. É exatamente por isso que eles vêm: para ver onde a nossa casa está construída, onde a nossa fé está alicerçada.

Nós não somos melhores que ninguém para não ter problemas. Quanto mais de Deus você for, mais tempestades virão sobre a sua casa. O mais importante disso é que construamos a nossa casa sobre a rocha, a nossa fé precisa estar na rocha. Se a nossa casa está sobre a rocha podem vir os problemas que não temeremos, pois o Senhor está conosco. Pode acontecer o que for, se o Senhor está ao seu lado você será vitorioso ainda que esteja no “vale das lágrimas”. A vitória pela santidade se alcança quando permanecemos fiéis, quando não abandonamos o Senhor.

Sobre o que nós estamos construindo a nossa casa? A nossa fé está alicerçada onde? Se for na rocha, bendito seja Deus! Mas se for na areia, dá tempo de voltar atrás. Deus está lhe dando a graça de entender que dá tempo. Porque os ventos vão vir e a sua casa vai permanecer porque você está na rocha. Bendito seja Deus porque sua casa está na rocha. O Senhor é a nossa vitória. Caindo e levantando assim você chega à santidade.

Com Deus você resolve tudo e se não resolver você aguenta, pois Ele está com você. Sozinho não tem jeito. A santidade é como uma corrida e essa corrida se inicia com o batismo, por isso, nós já somos santos na largada, mas tem que correr. Nessa corrida a vitoria já é nossa, se você já tem o Senhor você já é vitorioso! O resto é corrida e esforço. Isso é santidade. Isso é vitória pela santidade, tem que correr. Você não vai para o céu sozinho; corramos para a santidade juntos! Corramos para a vontade de Deus.

Transcrição : Pollyana Fonseca



Veja também:
:: Divulgue sua paróquia na Canção Nova
:: Conheça o conteúdo Canção Nova disponível no iPhone

:: Faça parte do grupo "Eu acesso o cancaonova.com"
:: Escolha um canal e acompanhe a CN on line


Acompanhe as pregações pelo twitter @cancaonova e
retuite a mensagem que mais falar ao seu coração

ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186 2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo