A vocação artística ao serviço da beleza

A Igreja leva muito a sério a beleza dos artistas. O Papa João Paulo II, em 1999, escreveu uma carta direcionado para eles. Esta beleza a que me refiro é o encanto que nos liga à eternidade, ou seja, não é estética, mas sim o nosso interior.

A arte é a atitude de tornar a vida mais leve e bonita. Os artistas são aquelas pessoas que encontram,  no comum do nosso cotidiano, a sensibilidade, porque a arte, muitas vezes, nos tira da tristeza e nos proporciona alegrias; ela é a poesia, e está muito mais presente na nossa fé do que podemos imaginar. O Salmo 42 faça esta reflexão.

Padre Adriano Zandoná
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Os salmos são feitos e pautados na poética hebraica. São, na sua maioria, construções da poesia, são belezas do cotidiano traduzidos em palavras. Este Salmo 42 não é apenas descritivo, mas é uma poesia a maneira com as frases são construídas. Muitos textos bíblicos utilizam de poemas e da beleza da natureza.

A nossa fé é recheada de poesia, música, pinturas e artistas, pois a Igreja olha para estes artistas de maneira especial. As canções, por exemplo, precisam nascer da experiência com o Criador, ou seja, precisa viver o encontro com Deus e com uma situação de tristeza ou alegria para que nasça a inspiração.

Os artistas são tão necessários e importantes para a sociedade, pois têm a missão de transformar uma situação em sentimento. Eles precisam se dedicar para realizar produções belas, principalmente para aqueles que criam obras que glorificam a Deus.

João Paulo II na Carta aos Artistas diz: "a arte comunica as coisas que são incomunicáveis". A arte precisa comunicar uma beleza, por isso os cristãos precisam se entregar a uma arte que demonstre os valores e os ensinamentos propostos por Jesus.

'A Igreja olha para estes artistas de maneira especial', disse padre Adriano.
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com


Não brinque com o dom que Deus deu para você, porque Ele vai cobrar cada um. Exercite o seu dom seja o de cantar, escrever e compor, portanto acredite e persevere no ministério que o Senhor lhe concedeu. Deus se utiliza de nós para levar o bem e nos colocar próximos do Senhor.

Muitas vezes, nós não conseguimos nos comunicar por meio da linguagem verbal, por isso os artistas precisam buscar, no seu coração, as mais profundas inspirações para propagar a sensibilidade da arte. É bonito, porque a arte expressa a linguagem da beleza.

As vezes, não conseguimos convencer alguém da beleza de Jesus Cristo, mas com uma música ou uma pintura isto é possível. A beleza salvará o mundo, pois, diante de um quadro de Jesus crucificado, o coração pode se encher de amor ou espanto. Ao olhar para pintura ou imagem precisamos entender o amor profundo do Pai por nós.

É preciso treinar o nossos olhos para entender a beleza do que acontece em nosso cotidiano. Deus manifesta algo encantador em cada uma das circunstâncias que acontecem na nossa vida. Podemos olhar para nossa vida e encontrar apenas problemas, mas também é possível olhar e ver desafios.

A beleza é a vocação para que Deus chamou cada artista. A arte também garante o crescimento de cada pessoa e também da comunidade.

Por exemplo, cada artista, diante da vocação que o Senhor concedeu, tem o dom de levar a fé às pessoas como os músicos que evangelizam e sensibilizam com o canto.

Segundo João Paulo, em sua 'Carta aos Artistas', a arte, a música e a literatura precisam prestar um serviço ao bem comum, portanto eles precisam ir além e atingir todas as pessoas. A Sagrada Escritura se tornou um atlas para as pessoas se guiarem e buscarem inspirações para compor uma obra artística.

Por isso precisamos buscar esta inspiração nas Sagradas Escrituras, desta forma precisamos beber da fonte. A arte procura captar não o que esta óbvio, mas sim o que a sensibilidade consegue transmitir. O Papa Bento XVI nos diz que a contemplação precisa existir para conseguirmos ver a beleza das coisas ao nosso redor.

A Igreja vê como um nobre ministério os artistas que procuram demonstrar e sensibilizar as pessoas sobre Jesus Cristo pela arte.

Peçamos a Deus para que Ele possa criar uma obra de arte em nossa vida, portanto exercite o seu dom e o seu chamado.

Transcrição e adaptação: Alessandra Borges


Padre Adriano Zandoná


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo