Alimente-se da Palavra de Deus

Ricardo Sá
Foto: Natalino Ueda/cancaonova.com

No mundo que desconhece e banaliza a nossa vivência de católicos, precisamos ser instrumentos de evangelização.

“Jesus respondeu: 'Mais felizes são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a põem em prática” (Lc 11,28). Somos feitos para a eternidade, por isso precisamos buscar a conversão, seja nas palavras ou no modo de agir. Não sei se você já percebeu, mas a conversão que mais demora é o nosso modo de pensar. A primeira conversão deve ser a mudança de mentalidade, depois seguem-se as outras, das quais também precisamos.

Meus queridos, estamos falando sobre a felicidade, não há nada que incomode mais o ser humano do que a infelicidade. Saiba que é feliz quem observa os mandamentos e os põe em prática. Precisamos cumprir em nós a Palavra de Deus e Seus mandamentos. Aprendemos com o fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, que a Palavra é uma mesa farta, na qual encontramos tudo o que precisamos: como devemos orar, como devemos viver ou mesmo nos relacionar.

Amados, a conversão é contínua! Não podemos desistir, pois não podemos encontrar sentido em nossa conversão se a Palavra de Deus não for a primeira em nossa vida: "Felizes são aqueles que ouvem a Palavra e a põem em prática!". 

 

"Alimente-se da Palavra de Deus, seja uma homem e uma mulher da Palavra"
Foto: Natalino Ueda/cancaonova.com


Os santos padres da Igreja, como São Bernardo, ensinam-nos que Deus está tão presente na Palavra como está na Eucaristia. Eis um mistério que não faz da Bíblia um amuleto, mas é Deus em cada Palavra, pois à medida que nos aproximamos dela, aproximamo-nos do Senhor. Com isso, tudo o que está escrito na Sagrada Escritura vai se encarnando em nós.

Devemos gravar cada Palavra em nosso coração, pois ela tem total poder de mudança. Não deixe sua Bíblia de enfeite ou em casa sem uso. Aqueles que estão na caminhada há muito tempo ou que tiveram o seu encontro pessoal com Jesus precisam saber que, todas as vezes que chegamos perto da Palavra, estamos perto de Deus. Quando rezamos, tocamos em um lugar dentro de nós que sente falta do Senhor e damos alimento para essa área da nossa vida!

Talvez você tenha se distanciado e não haja em você nenhum ardor, mas não desista! O fato de escolhermos a Palavra de Deus não nos faz diferentes dos outros, ao contrário, a luta é cada vez mais árdua! Aproxime-se de Deus, pois você é um bem-aventurado!

Alimente-se da Palavra de Deus, seja um homem e uma mulher da Palavra!

 

 

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo