Anjos nossos companheiros

Frei Elias Vela
Foto: Maria Andrea/Cancaonova

Ouvimos muito falar sobre a presença dos espíritos do mau, mas, raramente, falamos da presença dos bons anjos. Sabemos que somos protegidos com a presença de anjos em nossa vida, mas nós os ignoramos o tempo todo, nos esquecemos que eles fazem tudo o que podem para nos defender. Todos nós precisamos de amigos em nossas vidas; tê-lo é um presente.

De fato, no livro de Eclesiástico, está escrito: “Quem encontrou um amigo encontrou um tesouro”. Nós não fomos criados para ser só, não somos ilhas, mas família. Por isso precisamos nos conhecer uns aos outros, precisamos da proteção de outras pessoas que nos amam. Os anjos são esse nossos amigos.

Medite sobre isso: “Você tem um anjo com você, um anjo específico que está designado a protegê-lo e defendê-lo.”

Temos muitas amizades funcionais, por exemplo: amizade com um médico ou um político que podem nos ajudar em determinadas situações, mas quando temos mais necessidade dessas amizades, elas podemos sumir. Por isso precisamos tomar cuidado para que o nosso relacionamento com Deus não seja dessa maneira. Todos nós amamos o Senhor, mas que tipo de relacionamento temos com Ele? É um relacionamento funcional ou pessoal?

Muitas vezes, olhamos para Deus como se Ele fosse um guarda-chuva. Quando está chovendo, ninguém tem vergonha de abri-lo, mas se não chove, coloca-o de lado. É assim que muitos se relacionam com o Senhor. Se precisam d'Ele, se precisam de cura, ninguém tem vergonha de clamar por Ele até mesmo em público.

"Deus pode extrair o bem de qualquer coisa que aconteça comigo."
Foto: Maria Andrea/Cancaonova

  Veja + fotos no Flickr

Quando nossa vida chega num momento de sossego, quando não temos necessidade direta de Deus, então nos esquecemos d'Ele. Temos vergonha de chamá-lo de "meu Deus" diante de outras pessoas, temos vergonha quando estamos no trabalho ou com nossos amigos. Isto é olhar para o Senhor de uma maneira funcional, como se Ele fosse um "guarda-chuva", uma "máquina automática".

"Eu rezo o Rosário, sou fiel ao Senhor, portanto, espero que me dê aquilo que eu quero. Eu não aceito o fato de você não me dar aquilo que estou pedindo". Deus não é uma máquina de venda automática, nós não O compramos com rosários. Você não compra o Pai indo à Santa Missa. São coisas que estão aí para nos transformar e, nos transformando, nos faz mais maduros. Não posso comprar o Senhor.

Quando Jesus nos diz: “Já não chamo servos, mas vos chamo amigos”, Ele não estava se referindo a amizade funcional, mas a relacionamento pessoal. Sou vosso amigo, porque nosso relacionamento está baseado no amor. Recebendo ou não o que precisamos, não deixemos de ser amigos de Jesus, porque Ele permanece sendo nosso amigo. Esse é o tipo de amizade que Cristo pede a cada um de nós.

Jesus refere-se a esse tipo de amizade, quando Ele menciona a parábola da videira e dos ramos: Citação: João 15, 1-9.

Isto é amizade. Unidade entre a videira e os ramos. Amizade traz coisas positivas para minha vida. Imagine quando você encontra no seu caminho um amigo, e apenas o seu sorriso faz o seu dia ser melhor. Você se enche de alegria. Se enche de certeza no coração.

Estou fazendo essa introdução para entendermos qual é o significado da nossa amizade com nosso anjo. Se não compreendemos essa amizade, não há como sermos amigos dele. Ser amigo de Jesus significa deixar que Ele nos dirija e nos oriente. Ser orientado significa ser podado, mas não gostamos disso. Às vezes, você vê uma árvore que parece muito bela, mas o fazendeiro vai lá e poda como se estivesse cortando a sua beleza. No entanto, o agricultor não está podando a árvore pelo simples fato de não gostar dela; ao contrário, ele a está podando para que ela produza mais frutos.

“Você tem um anjo por você. Peça a ele que o proteja, apoie e o encoraje!”
Foto: Maria Andréa/Cancaonova

Quantas vezes voltamos para Deus e dizemos que Ele nos abandonou? Você não está ouvindo minhas orações e não percebemos que o que Jesus está fazendo é nos podar para que, por meio desse sofrimento, nós nos tornemos mais fortes do que antes. Se queremos ser amigos d'Ele, precisamos deixá-Lo nos podar. Sofrimento não é agradável para ninguém. Até Jesus clamou "Pai, afasta de mim este cálice", mas tudo que Deus permite em nossa vida é para nosso bem. Ele pode extrair o bem de qualquer coisa que aconteça conosco.

Ser amigo de Jesus significa ser Seu discípulo. Existem muitas pessoas que batem palmas e dançam diante d'Ele, mas não O obedecem. O discípulo é aquele que quer fazer a vontade do mestre em todas as circunstâncias. O discípulo do Senhor é como Samuel, que disse: "Eis-me aqui, Senhor". Como Maria, que disse ao anjo: " Eis aqui a serva do Senhor". É como Paulo, o qual disse a Jesus: " O que queres que eu faça?" Esse são os verdadeiros amigos de Jesus,pois fazem o que Ele pede. É preciso dar frutos, pois a árvore que não frutifica é cortada e lançada fora. Precisamos dar frutos em nossa amizade com Jesus.

Como posso ser um amigo de Jesus, se não luto para produzir frutos em minha vida ? Tornar-me amigo de Jesus significa ter esse desejo de estar com Ele. Quando você encontra com um amigo você diz como você me fez falta. Você diz: Eu preciso de você na minha vida. Como posso dizer que sou amigo de Jesus, se não tenho tempo para rezar, para estar com Ele na eucaristia.Ser amigo de Deus significa estar com Ele em oração.

A tradição cristã baseada na Bíblia, professa que cada um de nós é acompanhando por cada um de nós chamado anjo da guarda. Deus quando nos criou designou um anjo para tomar conta de nós. Eu tenho certeza que o anjo ficou super feliz. Seu anjo da guarda não é seu escravo, que te obedece. Ele não faz por escravidão, mas porque Deus quer que Ele faça. Eu tenho um anjo que está comigo o tempo todo. Não é aquele anjo que está comigo em alguns momentos da minha vida, mas está o dia inteiro, a semana inteira o ano inteiro, todos os dias da minha vida em tempo integral. A única missão que foi dada a Ele por Deus é me proteger, e ajudar-me a chegar no meu objetivo final na eternidade, na alegrai com Deus.

Satanás também manda um anjo mau para me destruir. Portanto preciso estar ciente dessa realidade na minha vida. Se tenho uma boa inspiração é um anjo bom que está colocando esse desejo em você. Os anjos estão conosco para nos encorajar, para nos apoiar. Um dos problemas maiores da nossa vida, é falta de encorajamento. Com freqüência ficamos desanimados. São inúmeras situações que ficamos desanimados: quando nos sentimos rejeitados, quando ouvimos que falaram mal de nós, quando nos decepcionamos. Jesus se dirige ao Pai dizendo: Pai se é possível afasta de minha essa cruz, essa hora. Ele estava desencorajado. E o Pai ouviu sua oração e mandou seu anjo para encorajá-lo. Mandou seu anjo para apoiá-lo. Quantas vezes nos sentimos desanimados, pra baixo em nossa vida! E Jesus nesse momento nos diz: “Você tem um anjo por você! Peça a ele que te proteja, te apóie, te encoraje!”

Tenho alguém que cuida só de mim. Ele é aquele que me protege. É aquele que continuamente está me apoiando nos momentos de dificuldade. Então qual é a missão do anjo que está com você? Primeira coisa é defender-me dos enganos do espírito do mal. O anjo do mal constantemente nos mostra as coisas que parecem belas, mas que depois se tornam veneno. Ele sempre me apresenta meias verdade. Vou te dar um exemplo de meia verdade: Eu peco e depois de pecar começo a me sentir culpado. E escuto uma voz: Você pecou! Você merece o inferno! Jesus nunca vai te perdoar porque você o traiu. Parece certo mas essa é uma meia verdade.

É verdade que traí a Jesus. È verdade que eu mereço o inferno mas não é verdade que Jesus não vai me perdoar. Por isso muitas vezes o demônio apresenta essas meias verdades diante de mim. Agora o anjo bom me traz a luz para que eu possa me conscientizar daquilo. A missão do anjo é me ajudar a tornar-me em evangelizador, espalhar a paz onde quer que eu esteja.

Missão do meu anjo da é fazer com que me torne um discípulo de Jesus mais maduro, me transformando para o bem do que para o mal. A missão do anjo é abrir o meu coração para um derramamento pleno do Espírito Santo sobre mim. Ele não é Deus, continua sendo uma criatura. Ele não tem toda força que preciso para caminhar. Essa força eu tenho com o Espírito Santo. Somente o Pai pode enviar o Espírito Santo sobre mim, mas o anjo da guarda pode me ajudar a abrir o coração para recebê-lo.

Vem Espírito Santo. Meu abençoado anjo eu te agradeço por estares comigo. Te agradeço por estares comigo o tempo todo. Muitas vezes te desagradei com minhas atitudes mas você continuou me ajudando. Mas você não me rejeitou e não parou mesmo assim. Querido anjo você é meu amigo de verdade. Você nunca me traiu na minha vida. Você sempre me protegeu. Você sempre me defendeu. Tenho orgulgo de você.

Transcrição e Adaptação: Cristiane Viana

Assista um trecho desta pregação:


Frei Elias Vella


Franciscano e exorcista

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo