Aprendendo a olhar como Cristo

É impressionante o olhar de Jesus, o qual seduz Levi na mesa de colhetoria de impostos. A partir daquele olhar diferente, que ele nunca tinha visto antes, Levi segue o Senhor. É impressionante como podemos falar por meio do nosso olhar! Precisamos aprender a olhar como Jesus nos olha e olhar para os outros com o olhar de Cristo.

Acampamento para as Famílias
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

É impressionante a passagem de São Marcos 3,31-35! Este discípulo ouve a história contada por Pedro e a escreve neste Evangelho. O Olhar de Jesus tornava as pessoas íntimas d'Ele, porque Ele nos vê como parte de Sua família. todos os que se aproximavam de Jesus tinham este sentimento da intimidade que Ele passava pelo seu olhar. Jesus não tinha um olhar impessoal ou vago, mas penetrante aos corações. Cristo nos ama como membros de sua família e Ele mesmo quis dizer que somos parte de Sua família.

Muitas vezes, olhamos para as pessoas de nossas famílias tão sem amor, olhamos dizendo que nossa família esta um inferno, porém não deve ser assim entre nós.

Em Marcos 5,25-34, vemos uma mulher sofrida, a qual traz um olhar de sofrimento. Por meio dela, podemos também olhar para nossas famílias e ver quantos também se encontram doentes. Essa mulher do Evangelho era excluída pela sociedade, mas tocou as vestes de Jesus de forma diferente, com um olhar de esperança, sabendo que podia ser curada por Ele. É assim que devemos olhar para aqueles que sofrem em nossas famílias, com um olhar de esperança.

O olhar de Jesus também buscava quem O tocou. Este é o olhar que também devemos ter com os nossos. Busque com seu olhar aquele que sofre, que está desesperado; não o despreze nem o discrimine. A mulher que sofria com hemorragia foi olhada por Jesus com muito amor. Ela buscou a restauração por meio daquele olhar entre ela e Jesus; assim devemos nos olhar, acreditando que as nossas famílias podem ser restauradas, acreditando que Jesus pode curar os que necessitam de cura.

Quem você não tem buscado em sua casa, com o olhar generoso, cheio de amor? Com o olhar amoroso, você será capaz de ver o outro mudado, transformado.

Contou-me uma mulher que ela rezava muito por seu marido sempre bêbado. Vendo-o sempre naquele estado, certo dia ela começou a orar com o olhar de seu marido restaurado, e a cura foi acontecendo aos poucos. Seu marido foi liberto do vício da bebida. Olhe com amor, olhe e veja o homem novo, a mulher nova restaurados em Jesus. Não olhe para as pessoas com o olhar negativo, sem esperança, pensando que aquela pessoa não tem jeito. Não aceite aquele ditado que diz: “Pau que nasce torto, morre torto”. Mude sua visão e creia que Jesus pode restaurar as nossas famílias!

Neusinha e Roberto Tannus
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Marcos, em 10, 17-21, fala do olhar amoroso de Jesus. Não sabemos por quanto tempo Ele olhou para aquele jovem, mas podemos ter a certeza de que o olhar d'Ele penetrou a alma daquele rapaz. Nós, muitas vezes, não temos um olhar de amor, mas de julgamento. Eu gostaria que você refletisse por um instante: "Qual é o olhar de Jesus para você e qual tem sido o seu olhar para sua família? Será que temos o mesmo olhar de Cristo? Olhe com amor e depois fale; ame-os primeiro, pois foi isso o que Jesus fez com aquele jovem. Ele não lhe deu lição de moral, mas amou primeiro e, com certeza, o jovem nunca mais se esqueceu daquele olhar.

Em sua família existe alguém muito difícil de lidar? Então, saiba que essa pessoa é um presente de Deus para sua santificação. Ela não é um estorvo, não é uma pedra no seu caminho. Por isso, você precisa rezar: “Jesus, mude meu olhar!”. É fácil amar quem nos ama, difícil é amar aqueles que nos desagradam.

Em Lucas 22, 54-62, Jesus havia sido preso e Pedro estava ali no pátio com um manto sobre sua cabeça, pois não queria ser reconhecido naquele momento. De repente, uma empregada o reconhece e Pedro nega que conhecia Jesus. Quando convivemos muito tempo com uma pessoa, ficamos parecidos com ela. Foi assim com Pedro, ele falava como Jesus, tinha o jeito do Mestre e refletia a face de Cristo; por isso não teve jeito, eles o reconheceram.

A Palavra diz: “E, virando-se o Senhor, olhou para Pedro”. Mas o olhar de Jesus não foi de raiva pela negação de Pedro, mas de amor. Ali Pedro chorou amargamente. Os olhos do apóstolo se encontraram com Jesus e o olhar do Mestre o curou de toda fraqueza. Por isso ele chorou, desesperou-se por seu erro e por saber que não era mais nada sem Jesus.

Olhe para você mesmo com o olhar de Jesus! Não olhe para você com o olhar sobre aquilo que você pensa de si. Olhe-se com o olhar que Cristo olha para você! Mesmo se você for um drogado, um bêbado, um adúltero, não olhe com esta imagem que você tem de si. Ainda não se manifestou aquilo que você deve ser, por isso tenha o olhar de Jesus sobre você e sobre os outros!

Assista a um trecho da pregação:


Roberto Tannus


Pregador oficial da Renovação Carismática Católica (RCC)

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo