As famílias estão carentes de amor

Padre Arlon
Foto: Arquivo CN/cancaonova.com

Vivemos os dias do Natal e estamos à espera da Epifania do Senhor. Quis o Senhor que a liturgia de hoje falasse sobre o fato de sermos filhos de Deus. Mas, antes quero lhe perguntar: você sabe o que é ser filho? É interessante uma coisa: eu me ordenei padre, mas, em minha casa, eu sou filho, mesmo, exercendo o sacerdócio, eu não deixei de ser filho!

A criança é filha e é dependente. Os filhos podem se tornar mais cultos do que os pais ao crescerem, mas nunca vão deixar de ser filhos. Sem entender a filiação dentro da sua casa, você não entenderá como é a filiação divina. Muitas vezes, nós não conseguimos viver como filhos de Deus, embora sejamos filhos de Deus, não conseguimos viver como tal. Quantas pessoas têm dificuldade com os pais e não conseguem ter intimidade com Deus ou com a Virgem Maria! 

A cura dentro de casa faz com que a cura espiritual também aconteça em sua vida. Às vezes, o que precisa acontecer é a reconciliação ou a partilha dentro de casa. Ser filho de Deus é ser dependente de Deus. A criança expressa no choro a sua necessidade, vive a dependência, pois ela é dependente de seus pais.

Pais, tudo o que seus filhos pedem, vocês dão a eles? Mas, o certo é dar o que eles realmente necessitam. Assim é Deus conosco! E como tem sido o seu relacionamento com Deus: voce tem sido um filho birrento ou agido como um adolescente?

O Evangelho mostra figura de João Batista, que aponta para Jesus. Lembre-se de que João Batista é seis meses mais velho do que o Senhor, é por isso que comemoramos seu aniversário no dia 24 de junho, ou seja, seis meses antes do nascimento de Jesus. Irmãos, João Batista era confundido com Jesus. Você tem noção do que é isso? Mas, ele na mesma hora dizia que não era o Messias, pois havia entendido a sua real missão: ser o precursor de Jesus.  

Amados, é exatamente isso que quero convidar a cada um de vocês: a assumirem o verdadeiro papel a que são chamados, seja como pai, mãe, avô ou avó. A missão de João Batista era de apontar o Messias, agora a sua missão é anunciar a Segunda Vinda de Cristo. Não afrouxe o anúncio de Jesus entre os membros da sua casa! 

"Amados, falem de Deus! Parem de reclamar!", exorta padre Arlon
Foto: Arquivo CN/cancaonova.com


Muitas vezes, você terá que fazer seu filho chorar agora, para que no futuro não seja você a chorar por ele. Sejam presentes! Vão ao encontro dos seus filhos para educá-los. Há filhos que não respeitam seus pais, pois são carentes do acolhimento e do carinho destes. Há mulheres que vão procurar por homens na sua vida adulta, mas, na verdade, o que lhes falta é o colo da mãe ou do pai, que não tiveram quando elas eram crianças. Pais, não desistam da sua família! Lutem pelos seus, pois Deus não desiste de vocês!

Como é bom voltar para casa e receber um abraço do pai ou da mãe! Se hoje você já não vive isso, saia da zona de conforto vá até os seus e converse com eles, busque saber como eles estão. Resolva os problemas da sua casa, pois é mais fácil, muitas vezes, apontar os defeitos dos outros do que os da sua família. Muitas famílias estão carentes de amor!

Não estou dizendo que, ao buscar a Deus, você vá ficar livre dos problemas, pois todos nós temos dificuldades! Amados, falem de Deus! Parem de reclamar! Por que, para falar de Deus, nós não convencemos as pessoas como as convencemos para outras coisas? Que você possa ter a boca cheia para falar de Jesus Cristo!

 

 

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Padre Arlon Cristian


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo