As três descobertas de Paulo

Dom Benedito Beni
Foto: Robson Ciqueira/Cancaonova.com

Pela terceira semana consecutiva estamos celebrando a Pascoa e na primeira leitura dessa Santa Missa, nos é apresentado em Atos dos Apóstolos a conversão de São Paulo, e por meio desta conversão houveram muitos frutos importantes na vida da igreja.

São Paulo em sua época, via que estava surgindo uma nova “seita, o cristianismo” que ia contra a religião judaica na qual ele era embaixador. Porque para os judeus, acreditavam que o ser humano era o salvador de si mesmo, através de suas boas obras, mas esta “seita” por sua vez, afirmava que a salvação só era obtida por meio de Jesus Cristo, porque Ele é o salvador. Por isso que Paulo queria destruir os cristãos de qualquer forma, a uma certa altura dos acontecimento, Paulo obteve dos sumos sacerdotes uma cartas de recomendação para aprisionar todos os cristãos que ele encontrasse pelo caminho.

E olha que interessante, antes de serem chamados de cristão eles eram chamados de os “seguidores do caminho,” e interessante é que os seguidores de Jesus são chamados a percorrer no mundo o novo caminho, o caminho do seguimento de Jesus.

Mas quando Paulo esta se aproximando de Damasco, Jesus aparece para Paulo, não com um aspecto humano, mas aparece para ele como uma luz resplandecente.

Nesse caminho para Damasco Paulo fez três descobertas importantes. Primeiro Paulo descobriu a originalidade de Jesus. Ele descobriu que Jesus era diferente de todo os profetas e fundadores de religião, porque todas eles estavam mortos encerrados no passado, e Paulo descobriu que esta Jesus esta vivo e Ressuscitado em meio a nós. Segunda descobertas, Paulo descobriu a originalidade da Igreja, a Igreja é uma comunidade viva, uma comunidade de graça e salvação e que ela forma uma totalidade e que mais tarde vai chamar a Igreja de corpo místico de Cristo. Logo perseguir a Igreja é perseguir o próprio Cristo.

E a terceira descoberta é que a Igreja é universal e espiritual. A sua conversão não é obra humana mas sim por obra da graça de Deus. Nossa vocação é obra divida, é um chamado de Deus. Deus nos chamou para sermos apóstolos de Cristo.
Paulo encontrou com Jesus a caminho de Damasco e nós podemos encontrar Jesus todos os dias na Eucaristia.

O corpo alimentado pela eucaristia está destinado de um modo mais profundo à ressurreição
Foto: Robson Ciqueira/Cancaonova.com

:: Veja mais fotos no Flickr ::

 

Jesus Cristo mesmo diz: “minha carne é verdadeira comida e meu sangue verdade bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu Sangue permanece em mim e Eu nele. Quem come a minha carne e bebe o meu Sangue terá a vida eterna”.

“O corpo alimentado pela eucaristia está destinado de um modo mais profundo à ressurreição” São Justino

Quando os judeus ouviram este realismo a respeito da eucaristia eles voltaram atras no seguimento de Jesus. E esta crise que foi gerada também no coração dos discípulos de Jesus, quando Ele afirmou: “a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue verdadeira bebida” e muitos deles voltaram atras, mais Jesus não voltou atrás e perguntou aos discípulos: “e vocês não querem também voltar atrás?”E São Pedro disse: “ A quem iremos senhor só tu tens palavra de vida eterna!

Pedro compreendeu que as palavra de Jesus não eram meramente humanas mas eram cheias do Espirito Santo.

A eucaristia é sobretudo um sacramento onde Cristo permanece conosco. A eucaristia é o Emanuel é o Deus conosco.

Já afirmava o Beato João Paulo II em sua encíclica: ”A igreja da Eucaristia” “Eucaristia é o supremo bem da Igreja”. A Eucaristia é o sacramento pascal por excelência.

A eucaristia nos sustenta para que podemos amar o outro até o extremo como fez Jesus na cruz.

Hoje também celebramos a memória de nossa Senhora de Fátima ela pareceu em Fátima em 1917 a três pastorinhos e sua principal mensagem é o incentivo à oração do rosário e a conversão.

No rosário contemplamos e meditamos os principais acontecimentos e mistérios da vida de Jesus e de Nossa Senhora.

No rosário enquanto saldamos Nossa Senhora e meditamos o evangelho e somos ajudados por nossa Senhora.

Rezando o rosário meditamos o evangelho e somos auxiliados pela Virgem Maria à obedecer a Palavra de Cristo.

E também estamos recebendo Nossa Senhora de Nazaré aqui Deus enviou seu filho ao mundo no qual nasceu de uma mulher A missão de Nossa Senhora é conduzir todas as pessoas às Cristo. Que Nossa Senhora de Nazaré abençoe todas as pessoas que participaram e irão participar conosco nesses dias de congresso.

Transcrição e adaptação: Mariana Lazarin Gabriel


Dom Benedito Beni


Bispo emérito da diocese de Lorena (SP)

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo