Assumindo a minha conversão

Ricardo Sá
Foto: Wesley Almeida/ Foto CN
Estamos a serviço de Jesus que tudo pode. É Ele quem tudo faz. Pergunte para o Senhor o que Ele quer lhe dar hoje. Diga: "Meu Deus, nós queremos todas as graças que Tu tens para nós. Senhor, eis-me aqui necessitado. Olha-me, Jesus".

Saiba que o Senhor tem graças extraordinárias para você hoje. Abra a sua Bíblia no Evangelho de São Mateus 13, 24-30:

“Jesus propôs-lhes outra parábola: O Reino dos céus é semelhante a um homem que tinha semeado boa semente em seu campo. Na hora, porém, em que os homens repousavam, veio o seu inimigo, semeou joio no meio do trigo e partiu. O trigo cresceu e deu fruto, mas apareceu também o joio. Os servidores do pai de família vieram e disseram-lhe: – Senhor, não semeaste bom trigo em teu campo? Donde vem, pois, o joio? Disse-lhes ele: – Foi um inimigo que fez isto! Replicaram-lhe: – Queres que vamos e o arranquemos? – Não, disse ele; arrancando o joio, arriscais a tirar também o trigo. Deixai-os crescer juntos até a colheita. No tempo da colheita, direi aos ceifadores: arrancai primeiro o joio e atai-o em feixes para o queimar. Recolhei depois o trigo no meu celeiro”.

Na vida, tudo é uma questão de nos convertermos. Converter-se é ficar cada vez mais parecido com Jesus Cristo. O Senhor está falando nesta parábola do Reino de Deus. Ele diz que o Reino dos céus acontece dentro do seu coração. Dentro de nós tem trigo e joio, bem e mal. São os nossos contrários.

Tudo na nossa vida é uma luta contínua para que nós escolhamos o bem.
Somos como essa parábola. Temos que caminhar com o bem e com o mal ao mesmo tempo. Há pessoas que amamos, mas  há outras que odiamos também. Há amor e ódio dentro de nós. Todos estamos nesta luta com joio e trigo. O que faz a diferença é que nós estamos no caminho da conversão, nessa luta contínua escolhendo o trigo, que é o bem.

Somos templos do Espirito Santo sim, mas somos pecadores também, por isso lutamos. Parabéns para você que tem buscado o bem. Não há como tirar todo o mal de dentro de nós, mas estamos buscando. A confissão e a oração nos ajudam. Não tenha medo de enfrentar essa luta. Ela se chama conversão. Não aponte a ausência de conversão do outro.; entre na sua luta! Temos que olhar para nós mesmos. "Bem que fulano de tal poderia estar aqui, ouvindo isso"… parece de dizer essas coisas. Assuma, você, o seu caminho de conversão. Até quando vamos viver a nossa conversão na pele dos outros?

Escolha se converter, mas essa opção tem que ser sua e de mais ninguém. Temos que transformar tudo em amor. De que vale a nossa vida se não transformamos tudo em amor? Esse é o caminho da conversão.

Veja agora a Carta de São Paulo aos Gálatas 5, 16-17:

“Digo, pois: deixai-vos conduzir pelo Espírito, e não satisfareis os apetites da carne. Porque os desejos da carne se opõem aos do Espírito, e estes aos da carne; pois são contrários uns aos outros. É por isso que não fazeis o que quereríeis”.

É uma linda luta que travamos. Se você machucou alguém, converta-se buscando a confissão e pedindo perdão. O melhor momento para a sua conversão é agora, no lugar onde você está. Quem reza, experimenta o socorro de Deus. Se de um lado borbulha o bem, de outra range o mal. Não se desespere quando isso acontecer.

Leia agora os versículos 18-23 da mesma passagem:

“Se, porém, vos deixais guiar pelo Espírito, não estais sob a lei. Ora, as obras da carne são estas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, invejas, bebedeiras, orgias e outras coisas semelhantes. Dessas coisas vos previno, como já vos preveni: os que as praticarem não herdarão o Reino de Deus! Ao contrário, o fruto do Espírito é caridade, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, brandura, temperança. Contra estas coisas não há lei”.

"Converter-se é ficar cada vez mais parecido com Jesus Cristo"
Foto: Wesley Almeida/ Foto CN

A conversão é um caminho contínuo. Nós a iniciamos em um determinado momento, quando conhecemos Jesus Cristo, e ela não vai acabar nunca. Todos nós estamos em continua conversão e transformação. Coragem! Não tenha medo dessa luta interior!

As pessoas vão zombar de você, mas agüente firme. Assuma-se em conversão, em contínua transformação. Todos os segundos da sua vida, ame o Senhor, esse é o processo de conversão. Nem sempre vocês vão acertar, por isso cada um precisa ter o seu caminho. Amém.

Transcrição e adaptação: Ariane Fonseca


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE (12) 3186 2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo