Bênçãos para os pais e para os filhos

OUÇA ESTA PREGAÇÂO NA ÍNTEGRA


A instituição mais sagrada que Deus criou é a família, e o nosso mundo hoje está destruindo as famílias.

Muitos jovens hoje nos Estados Unidos da América, que foram gerados em proveta, estão em busca de seus pais. Como o sêmen foi conseguido em bancos [de sêmen], eles não sabem quem são seus pais. Sua história está pela metade, eles sabem quem são suas mães, mas não seus pais. Existe um site na internet no qual esses jovens, entre 18 e 24 anos, buscam seus pais. Um deles descobriu que tem 18 irmãos, os quais – como ele – foram gerados em proveta. Quem é a família deste menino?

É por esses e outros motivos, que a Igreja é contra a inseminação artificial e contra tantas outras situações que destroem a família.

Uma família precisa ser completa. Um casamento no qual marido e mulher decidem não ter filhos é um casamento egoísta. É como se um padre não quisesse celebrar a Santa Missa depois de ordenado. O matrimônio tem como um de seus fins a procriação.

Nós, católicos, estamos entrando na heresia de não ter filhos. Na Europa, a taxa de natalidade cai a cada dia. Hoje, o Brasil também já tem uma taxa de natalidade menor do que o necessário.

São ditas uma série de mentiras demográficas para que as populações da América Latina deixem de ter filhos. Na Europa o problema é tão crítico, que muitos governos estão pagando para que as mulheres tenham o terceiro filho, mas, mesmo assim, elas não querem.

"Nós temos de parar de ter medo da vida!" Este foi um dos grandes apelos do saudoso Papa João Paulo II para as famílias. O que nos falta é fé! Um casal, que tem Jesus Cristo na vida, não pode ter medo, porque o medo é um sinal de falta de fé!

Deus ama os pais profundamente. Tanto que o Quarto Mandamento é para os pais. Honrar é uma palavra muito forte. Honrar é prestar culto, é defender, homenagear. Deus ama o pai e a mãe, pois sabe que a missão deles é muito importante.

“A bênção paterna fortalece a casa de seus filhos, a maldição de uma mãe a arrasa até os alicerces” (Eclo 3,11).

A bênção de um pai tem um grande poder. Por isso que santo Agostinho alerta que nenhum pai deve amaldiçoar o filho, pois assim como a sua bênção tem poder, as maldições proferidas também têm grande poder.

Um pai precisa conquistar o filho, para depois educá-lo. Para conquistá-lo é preciso gastar tempo com ele. Se você não perder tempo com seu filho, você acabará o perdendo.

Conquiste o seu filho por amor a Deus! Gaste o seu tempo com ele, e ele o amará para sempre. 

Transcrição e áudio: Renan Félix
Fotos: Natalino Ueda


Adquira essa pregação pelo telefone:
(12) 3186-2600


Prof. Felipe Aquino


Doutor em engenharia mecânica, pregador e escritor

Facebook
Twitter
Blog

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo