Caminhar pela visão da fé

Diácono Nelsinho Corrêa
Foto: Regiane Calixto

Quem nos segura é Deus. Geralmente na hora da dor, só vemos nossa angústia. Quando a gente chora, as lágrimas tampam nossos olhos. Às vezes até a nossa dor é egoísta, porque nos fechamos em nós mesmos.

“A fé é o fundamento da esperança, é uma certeza a respeito do que não se vê”. cf. Hb 11,1

Olha que coisa desafiadora: 'Certeza do que não se vê'.

Cuidado. Se você não caminha pela fé, a tendencia é de você ser egoísta, pensar só em si. Se você levanta um pouco a cabeça, verá alguém que precisa de sua ajuda, ou que sofra mais que você.

Deus vê a sua fé. Tem gente que não sai de casa pra ir a Igreja por causa de uma chuva. A gente manifesta a nossa fé em pequenos gestos. Por exemplo, em um dia frio e chuvoso você vai a Missa. As vezes sem vontade. Não queria ir, mas vai. Isso é gesto de fé.

Eu passei um mês de férias na casa da minha sogra, sem sair pra lugar nenhum. Doente. Um mês difícil pra mim. Revivi muita coisa de minha história, tentando manter a calma. As vezes eu chorava no banheiro para Márcia (esposa) não ver.

Hoje estou aqui pela fé. Posso experimentar isso.

Pregam por aí que Deus só está na prosperidade. Vejam a historia de Jó. O demônio tirou tudo dele, dizendo a Deus que Jó só era fiel porque tinha tudo. E na hora da provação, o que não falta é gente pra testar a nossa fé.
Mas Jó não negou a Deus. Perdeu tudo. Até teve lepra. Mas não renegou a Deus.

Na hora do sofrimento, da dor, muitos vão querer que você tenha uma visão humana da situação. Muitos não entendem que a cruz faz parte do caminho.

A fé nos leva a ter atitudes concretas. A fé nos impulsiona a dar passos, a tomar decisões. Você que é pai, às vezes enfrenta humilhações no seu trabalho, e vive pela fé, pelo sustento dos seus filhos. Na fé enfrenta tudo isso.
Quem se aproxima de Deus, tem que acreditar que Ele existe, que Ele é mais que todas as situações, as perseguições e sofrimentos.

Quando vem aquela notícia ruim que não se espera, pela fé a gente enfrenta. Ela ilumina nosso caminho.

"A fé é uma certeza a respeito daquilo que não se vê"
Foto: Regiane Calixto

Pela fé, padre André Luna e padre Vicente, após o falecimento de padre Léo, deixaram a estrutura dos dehonianos, para viverem com os filhos da Comunidade Bethânia. Lutando para sustentar essa obra, pela fé. A fé nos leva a ter atitudes concretas.

Talvez você esteja combatendo um bom combate. Um filho nas drogas, um marido grosseiro, um casamento por um fio… não se desespere.

Quem já rezou e não recebeu a graça? Muitos querem o caminho mais fácil. Mas o silêncio de Deus também é uma resposta.
Muitos pensam que Deus o esqueceu, o abandonou, e ficam com mágoa de Deus. Essa é a visão humana. Pela fé a gente não entende, mas entrega nossa dor a Deus. A fé ilumina nosso sofrimento.

Muitas coisas em nossa vidas, não entenderemos.

Deus perdoa, a natureza não. Em tempos de tantas chuvas, não podemos culpar a Deus. A fé ilumina a nossa consciência. A gente colhe o que a gente planta. Desmatamentos, rios desviados, poluição… e querem culpar a Deus?
A fé precisa iluminar a nossa razão para percebermos onde está a ganância do homem, e onde está a nossa parte.

A fé nos tira do comodismo e nos faz olhar a situação de frente, e a tomarmos cruz. Quem caminha pela fé, não desiste nunca.

Na hora do sofrimento, o demônio quer te convencer de que Deus não te ama, que Ele te esqueceu, te abandonou.

Como São Tomé, proclamemos: “Meu Senhor e meu Deus, eu creio mas aumenta a minha fé!”

Transcrição e adaptação: Nara Bessa


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE
(12) 3186 2600


Diácono Nelsinho Corrêa


Cantor e Missionário da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo